As legislações e suas implicações nas identidades curriculares das licenciaturas em Física das universidades estatuais de paulistas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-09-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

No período de 2012 a 2020 houve sucessivas promulgações de legislações focadas na regulação da formação de professores, tanto em território nacional, quanto no estado de São Paulo. Essas legislações prescreveram uma alteração de Identidade Curricular, ao se pautarem na racionalidade prática por meio de dispositivos como o aumento da carga horária dedicada a disciplinas didático-pedagógicas, da reformulação da Prática como Componente Curricular e de alguns conteúdos, aspirando conduzir os cursos de uma racionalidade técnica para uma racionalidade prática. Historicamente, as licenciaturas em Física são descritas na literatura como uma formação voltada para a racionalidade técnica e os cursos dessa natureza ofertados no Estado de São Paulo sofreram múltiplas alterações no período de 2012-2020. Isso posto, a pesquisa tem por objetivo compreender como as legislações para a formação de professores, publicadas no período de 2012 a 2020, e que intencionam uma racionalidade prática, influenciaram os currículos das Licenciaturas em Física de universidades estaduais de São Paulo. de que as legislações oriundas dos conselhos de educação, no período de 2012 a 2020, buscam a quebra do paradigma da racionalidade técnica, porém essa ruptura nos currículos prescritos das licenciaturas em Física estatuais de São Paulo não acontece totalmente. Essa pesquisa tem uma abordagem quali-quantitativa, debruça-se sobre a adequação dos currículos prescritos pela legislação nos currículos de oito licenciaturas em Física, de três universidades distintas, e é caracterizada como uma pesquisa documental. Os resultados demonstraram que nenhum dos cursos da amostra o espaço destinado as disciplinas de conhecimento específico conseguiu realizar a transição e muitos espaços formativos continuam utilizando o conceito de prática como instrumento da técnica; licenciaturas pré-existentes que apresentam núcleo comum ao bacharelado e sem uma pós-graduação na área de ensino ou Educação tem maior dificuldade em inserir às disciplinas das Ciências da Educação no início da formação.Isso demonstra o quanto as concepções sobre o currículo de formação dos professores de Física são hegemônicas e culturalmente construídas.
In the period from 2012 to 2020, there were successive enactments of specific legislation in the regulation of teacher training, both in the national territory and in the state of São Paulo. These laws prescribe a change in curricular identity, as they are based on practical rationality through devices such as the increase in the wo rkload dedicated to didacticpedagogical subjects, the reformulation of the Curricular Component practice and some of contents, aspiring the courses to a technical rationality for practical rationality. Physical courses are so flexible for the State20. Tha t said, a research aimed at understanding how the laws for teacher training, published in the period from 2012 to 2000, and which intend a practical rationality, discipline the Degree in Physics 20120 courses in São Paulo. that the legislation coming from the education councils, in the period from 2012 to 2020, seeks to break the paradigm of rationality, but there is in the prescribed curricula of the state physics degrees in São Paulo that does not happen completely. This has a qualitativequantitative app roach to research on a curriculum of the curricula recommended by legislation in the curricula of eight documentary research, from three universities, and is like a documental research. The results the device of specific use that none of the courses of com mon use managed to carry out the transition and many use methods as the instrument of the practice; preexisting degrees that the core common to the bachelor's degree and without a postgraduate degree presents in the area of teaching or Education has greater difficulty in inserting into the disciplines of Educational Sciences at the beginning of training. This demonstrates how hegemonic and culturally constructed conc eptions about the training curriculum for Physics teachers are.

Descrição

Palavras-chave

Formação inicial de professores, Racionalidade, Identidade, Legislações educacionais, Currículo, Initial teacher training, Rationality, Identity, Educational legislation, Curriculum

Como citar