Estudos da atividade geral, antinociceptiva/nociceptiva, anti-inflamatória/inflamatória da β-feniletilamina (FEA), uma substância isolada do veneno de vesta Polybia paulista

dc.contributor.advisorPalma, Mario Sergio [UNESP]
dc.contributor.authorYoshioka, Eduardo Yuichi [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-12-10T14:07:16Z
dc.date.available2015-12-10T14:07:16Z
dc.date.issued2015
dc.description.abstractA utilização de substâncias naturais com propriedades terapêuticas tem sido realizada desde as antigas civilizações. As substâncias existentes em muitas das secreções tóxicas de insetos, particularmente de vespas, são candidatas naturais à bioprospecção de compostos líderes para o desenvolvimento de substâncias com propriedades terapêuticas. Porém, apesar do grande número de espécies de vespas sociais com distribuição em regiões tropicais e subtropicais, pouco se conhece a respeito da composição e da farmacologia dos venenos destes insetos. O veneno da vespa Polybia paulista é composta por várias substâncias biologicamente ativas. Dentre essas substâncias isolamos a β-feniletilamina (2-FEA). Esta substância é similar às anfetaminas, que estão entre as drogas de abuso mais comuns. Este tipo de droga promove uma sensação de poder ao usuário, que passa da euforia à depressão instantaneamente após o efeito da droga acabar. Este projeto visa estudar e caracterizar o possível efeito antinociceptivo e anti-inflamatório da 2-FEA, uma substância similar a anfetaminas, presente no veneno da vespa Polybia paulista na experimentação animal. Além disso, uma vez que esta substância é similar a drogas de abuso comuns, será verificado se a mesma interfere com a atividade geral dos animais. Uma vez que o teste de avaliação da sensibilidade dolorosa elícita uma resposta motora dos animais (retirada da pata), será avaliado se a 2-FEA interfere com a contração muscular de vias aéreas (traqueia) e das artérias femorais. Observou-se que a 2-FEA, nas doses de 10 até 100 mg/kg, reduziu a atividade de locomoção dos camundongos. Já nas doses de 0,1 até 10mg/kg, houve uma redução mais branda na locomoção dos animais. O comportamento de levantamento desses mesmos animais aparentemente não sofreu aumento nem redução nessas mesmas doses. No que se refere à atividade hiperalgésica, foi observado que...pt
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extent35 f.
dc.identifier.aleph000852252
dc.identifier.citationYOSHIOKA, Eduardo Yuichi. Estudos da atividade geral, antinociceptiva/nociceptiva, anti-inflamatória/inflamatória da β-feniletilamina (FEA), uma substância isolada do veneno de vesta Polybia paulista. 2015. 35 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2015.
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2015-10-16/000852252.pdf
dc.identifier.lattes2901888624506535
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/131726
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectFarmacologiapt
dc.subjectVenenopt
dc.subjectToxinaspt
dc.subjectVespapt
dc.subjectToxicidade - Testespt
dc.subjectDorpt
dc.subjectAnimais - Comportamentopt
dc.titleEstudos da atividade geral, antinociceptiva/nociceptiva, anti-inflamatória/inflamatória da β-feniletilamina (FEA), uma substância isolada do veneno de vesta Polybia paulistapt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.author.lattes2901888624506535
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Rio Claropt
unesp.undergraduateCiências Biológicas - IBRCpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000852252.pdf
Tamanho:
571.96 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format