Linguagens do corpo: registro e fotoperformance na Exposição Mulheres Radicais

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-11-29

Orientador

Ribeiro, Regilene Ap. Sarzi

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Artes Visuais Bacharelado - FAAC

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

This research addresses the presence and recurrence of registration and photoperformance at the exhibition Radical Women: Latin American Art, 1960-1985, exhibited by the Pinacoteca de São Paulo from August 18 to November 19, 2018. From qualitative bibliographic research and study fieldwork at the exhibition, an expographic analysis was performed, raising in numbers the amount of artist who uses the electronic image, followed by the analysis of performance and photoperformance photographs of selected artists present at the exhibition. The objective was to relate the expographic, museological context with performance and the concept of image registration in contemporary art surrounded by the Latin American socio-political context. The research results show that the record is present not only in the expository context, but also in the artistic strategies of Latin American artists in a military dictatorship context, the same period in which performance is developing as a language and recording devices. Electronics are incorporated into artistic processes. This concomitance of events reflects in the poetic process of the artists in the construction of a new iconography of the body

Resumo (português)

Esta pesquisa trata da presença e recorrência do registro e fotoperformance na exposição Mulheres Radicais: arte latino-americana, 1960-1985, exibida pela Pinacoteca de São Paulo de 18 de agosto a 19 de novembro de 2018. A partir da pesquisa bibliográfica qualitativa e estudo de campo na exposição, foi feito uma análise expográfica, levantando em números a quantidade de artista que se utilizam da imagem eletrônica, seguido da análise de fotografias de performance e fotoperformance de artistas selecionadas presentes na exposição. O objetivo foi relacionar o contexto expográfico, museológico com a performance e o conceito de registro-imagem na arte contemporânea cerceados pelo contexto sócio - político latino-americano. Os resultados da pesquisa apontam que o registro se faz presente não só no contexto expositivo, como também nas estratégias artísticas de artistas latino-americanas em um contexto de ditadura militar, mesmo período em que a performance está se desenvolvendo como linguagem e os dispositivos de registros eletrônicos são incorporados aos processos artísticos. Essa concomitância de acontecimentos reflete no processo poético das artistas na construção de uma nova iconografia do corpo

Descrição

Idioma

unesp.idiomas.undefined

Como citar

ARAUJO, Daniele Lima de. Linguagens do corpo: registro e fotoperformance na Exposição Mulheres Radicais. 2019. 78 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Artes Visuais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2019.

Financiadores