Neovascularization after ischemic injury: evaluation with 99mTc-HYNIC-RGD

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-02-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia

Resumo

Purpose: Angiogenesis involves many mediators including integrins, and the tripeptide RGD is a target amino acid recognition sequence for many of them. Hindlimb ischemia is a simple and convenient animal model however standardization of the injection procedures in the devascularized and control limb is lacking, thus rendering difficult the interpretation of results. The aim of this investigations was to evaluate neovascularization in a hindlimb murine model by means of 99mTc-HYNIC-ß-Ala-RGD. Methods: 99mTc-HYNIC-RGD analog was prepared using coligands. Ischemia was induced in Wistar rats by double- ligation of the common femoral artery. Radiolabeled RGD was injected after 2h, as well as 1, 3, 5, 7, 10 and 14 days. Uptake was evaluated by planar imaging and biodistribution studies. Results: The highest ratio between ischemia and control was achieved at the 7th day (2.62 ± 0.95), with substantial decrease by the 14th day. For pertechnetate the 7th day ratio was 0.87 ± 0.23. Scintigraphic image confirmed different uptakes. Conclusion: 99mTc-HYNIC-RGD analog concentrated in ischemic tissue by the time of widespread angiogenesis and pertechnetate confirmed reduction in blood flow. In this sense, the protocol can be recommended for ischemic models.
Objetivo: A angiogênese em resposta a fenômenos isquêmicos envolve vários mediadores como as integrinas, sendo que o tripeptídeo RGD possui uma seqüência de aminoácidos com reconhecimento para este alvo. O modelo animal de isquemia de pata traseira é simples e conveniente, porém não há uma padronização do procedimento de injeção e controle radioisotópico em membro desvascularizado, dificultando, portanto a interpretação de resultados. O objetivo deste estudo foi avaliar a neovascularização em modelo murino de isquemia de pata traseira através do radiotraçador 99mTc-HYNIC-ß-Ala-RGD. Métodos: O análogo 99mTc-HYNIC-RGD foi preparado usando coligantes. A isquemia foi induzida em ratos Wistar por dupla-ligação da artéria femoral comum na prega inguinal. Peptídeo RGD radiomarcado foi injetado após 2h, assim como 1, 3, 5, 7, 10 e 14 dias. A captação foi avaliada por imagem planar e estudos de biodistribuição. Resultados: A maior diferença de captação entre isquemia e pata controle foi obtida no 7º dia (2,62 ± 0,95), com decréscimo acentuado no 14º dia. Para o pertecnetato a razão no 7º dia foi 0,87 ± 0,23. A imagem cintilográfica confirmou as diferentes captações. Conclusões: O análogo 99mTc-HYNIC-RGD concentrou-se no tecido isquêmico na etapa em que a angiogênese é mais acentuada, e o estudo do pertecnetato confirmou a redução no fluxo sanguíneo. Desta maneira, este protocolo diagnóstico pode ser recomendado para modelos isquêmicos.

Descrição

Palavras-chave

Technetium, Isotope Labeling, Radionuclide Imaging, Ischemia, Diagnosis, Rats, Tecnécio, Marcação por Isótopo, Cintilografia, Isquemia, Diagnóstico, Ratos

Como citar

Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 26, n. 1, p. 58-63, 2011.

Coleções