Educação, relações capitalistas, estratégias e táticas: um ensaio a partir de algumas escolas de ensino superior de Maringa (PR)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-03-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A expectativa deste estudo é exercitar possibilidades de análise no campo da Educação a partir de um dispositivo estratégico que além de despontar como um caminho teórico possível para o estudo sistemático das formas de poder que controlam, exploram, devastam e exaurem as possibilidades da Educação, ao mesmo tempo permite perceber como estas formas de poder vinculam-se a uma lógica de poder global. Para isso, optamos por utilizar entrevistas com professores de Matemática que possuem posições de comando em instituições de ensino superior na cidade de Maringá (PR). A História Oral, utilizada como método dessa nossa investigação, possibilitou a utilização da memória mais como meio para a análise das ações por ela governadas e menos pelo conhecimento que, pela memória, foi possível registrar. A interconexão entre as opções metodológica e teórica presentes neste estudo possibilitaram a articulação de três elementos que julgamos fundamentais para compreender a Educação como instrumento de distribuição de poderes e saberes: o controle da natureza, o controle social e o autocontrole dos indivíduos
The expectation of this study is to exercise possibilities of analysis in the field of Education based on a strategic approach that, in addition to pointing to a possible theoretical path for the systematic study of forms of power that control, exploit, devastate, and exhaust the possibilities of education, make it possible to perceive how these forms of power are linked to a logic of global power. We opted to use interviews with mathematics professors who are in positions of authority in higher education institutions in the city of Maringá (PR). The method used was oral history, which enabled us to use memory more as a means of analyzing the actions governed by memory, and less for the knowledge it allows us to record. The interconnection between the theoretical and the methodological options in the study made it possible to articulate three elements we judge to be fundamental for understanding education as an instrument of distributing power and knowledge: the control of nature; social control; and individual self-control

Descrição

Palavras-chave

Historia oral, Educação - Maringa (PR), Articulação saber-poder, Saberes táticos e estratégicos, Education, Power-knowledge articulation, Strategic and tactical knowledge

Como citar

BERNARDES, Marisa Rezende. Educação, relações capitalistas, estratégias e táticas: um ensaio a partir de algumas escolas de ensino superior de Maringa (PR). 2009. 376 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências de Bauru, 2009.