Resposta metabólica e inflamatória em exercício aeróbio moderado contínuo e intermitente de alta intensidade com volume equalizado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-10-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

To investigated the physiological responses to moderate-intensity continuous, and high-intensity intermittent exercise (MICE and HIIE), 12 physically active male subjects completed two experimental sessions in randomized order; a 5- km run on a treadmill continuously (70% sVO2peak) or intermittently (1:1 min at sVO2max). Oxygen uptake, EPOC, lactate concentration, rating perceived exertion (RPE) and heart rate (HR) data were recorded during and after each session. The lactate levels exhibited higher values immediately post-exercise than at rest (HIIE: 1.43 ± 0.25 to 7.36 ± 2.78; MICE: 1.64 ± 1.01 to 4.05 ±1.52 mmol•L-1, p=0.0004), but HIIE promotes higher values (p=0.001, η2=0.69). There was difference across time on VO2 consumption of all moments tested in both groups (p<0.001, η2=0.98), both exercise conditions promote increased in EPOC (HIIE: 6.61 ± 1.85 L; MICE: 5.32 ± 2.39 L, p<0.005), with higher values in HIIE, however exercise time may have contributed to this differences. HIIE was more effective in modify HR and RPE (HIIE: 183±12.54 and 19; MICE 172±8.5 and 16, respectively)...
Com o objetivo de investigar as respostas fisiológicas do exercício moderado contínuo (MICE) versus exercício intermitente de alta intensidade (HIIE) com volume equalizado, 12 sujeitos fisicamente ativos completaram dois protocolos experimentais em ordem randomizadas: 5km de corrida em esteira de modo contínuo (MICE: 70% vVO2máx) ou de modo intermitente (HIIE: 1ˣ1 a 100% vVO2máx). Amostras sanguíneas, consumo de oxigênio (VO2), concentração de lactato, percepção subjetiva de esforço (PSE), frequência cardíaca (FC) e gasto energético pós-exercício (EPOC) foram coletados em repouso, durante e 60 minutos após cada sessão de exercício. As concentrações de lactato exibiram maiores valores imediatamente no momento pós-exercício quando comparado com o repouso (HIIE: 1.43 ± 0.25 para 7.36 ± 2.78; MICE: 1.64 ± 1.01 para 4.05 ±1.52 mmol•L-1, p=0.0004), porém HIIE promoveu maior elevação (p=0.001). Houve diferença no tempo de consumo de O2 em todos os momentos analisados em ambos os grupos (p<0.001) Ambos protocolos promoveram aumento do EPOC (HIIE: 6.61 ± 1.85 L; MICE: 5.32 ± 2.39 L, p<0.005), verificou-se maiores valores no HIIE, porém o tempo total do exercício pode ter contribuído para este achado. O HIIE foi mais efetivo em modificar a FC e PES RPE (HIIE: 183±12.54 e 19; MICE 172±8.5 e 16, respectivamente). Em resumo, ambos protocolos apresentaram diferenças em FC, PSE e concentração de lactato quando a distância percorrida foi equalizada...

Descrição

Palavras-chave

Fisioterapia, Exercicio isometrico, Exercícios físicos, Estimulação física, Bioenergética, Physical therapy

Como citar

SANTOS, Carolina Cabral. Resposta metabólica e inflamatória em exercício aeróbio moderado contínuo e intermitente de alta intensidade com volume equalizado. 2015. 78 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2015.