O desenvolvimento da capacidade autoral em crianças dos anos iniciais do ensino fundamental por meio da atividade de estudo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-02-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista – UNESP – Campus de Marília, vinculada à Linha de Pesquisa Teoria e Práticas Pedagógicas e aos Grupos de Pesquisa – 1) Processos de leitura e de escrita: apropriação e objetivação, 2) Implicações Pedagógicas da Teoria Histórico-Cultural e 3) Especificidades da Docência na Educação Infantil, teve por objetivo compreender possibilidades de auxílio ao desenvolvimento da capacidade autoral por crianças em situação de apropriação e de objetivação de gêneros do enunciado por meio da atividade de estudo. O público-alvo da pesquisa foi crianças dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental - terceiro, quarto e quinto anos - do projeto de recuperação e reforço de uma escola da rede estadual de ensino da cidade de Marília – SP. Desse modo, norteada pela busca da resolução do problema de pesquisa – É possível criar condições para que as crianças desenvolvam capacidades autorais de criação de enunciados por meio da atividade de estudo? -, foi proposta a elas a criação de gêneros do enunciado por meio da implementação de um experimento didático-formativo para posterior análise desse processo materialista histórico-dialético. As proposições desta investigação se alicerçaram nos referenciais teóricos da Teoria Histórico-Cultural, que forneceram as bases para a compreensão do processo de desenvolvimento de capacidades autorais, assim como nos estudos de Bakhtin e Volochínov, que proporcionaram uma visão dialógica e dinâmica da linguagem verbal organizada em gêneros do enunciado, e, consequentemente, ofereceram elementos para o ensino de atos de escrever inseridos em situações de criação de enunciados com função social. Com a pesquisa foi constatado que a partir da descoberta do conceito de um gênero do enunciado, por meio da atividade de estudo, as crianças não apenas desenvolvem suas capacidades autorais, mas também se motivam para escrever ao compreenderem as situações reais de criação verbal – endereçadas para o outro, e, consequentemente, se apropriam desse conhecimento científico e o objetivam em suas próprias criações verbais escritas.
The thesis presented to the Postgraduate Program in Education of the Faculty of Philosophy and Sciences, São Paulo State University - UNESP - Campus de Marília, linked to the Research Line Theory and Pedagogical Practices and to the Research Groups - 1) Reading and Reading Processes writing: appropriation and objectification, 2) Pedagogical Implications of HistoricalCultural Theory and 3) Specificities of Teaching in Early Childhood Education, aimed to understand possibilities of aid to the development of authorship by children in a situation of appropriation and objectification of the utterance's genres through the study activity. The target audience of the research was children from the Early Years of Elementary School - third, fourth and fifth years - from the project for the recovery and reinforcement of a state school system in the city of Marília - SP. Thus, guided by the search for solving the research problem – Is it possible to create conditions for children to develop authoritative abilities to create utterances through the study activity? The creation of utterance genres was proposed to them through the implementation of a didactic-formative experiment for further analysis of this process historical-dialectical materialist method. The propositions of this investigation were based on the theoretical references of the Historical-Cultural Theory, which provided the basis for understanding the process of developing authorial skills, as well as on the studies by Bakhtin and Volochínov, which provided a dialogical and dynamic view of the embodied verbal language in the utterances organized in utterance genres, and, consequently, they offered elements for the teaching of writing acts inserted in situations of utterance creation with a social function. We found with the research that from the discovery of the concept of a utterance genre, through the study activity, children not only develop their authorial skills, but also are motivated to write when they understand the real situations of verbal creation - addressed to the other, and, consequently, appropriate the genres of the utterance and objectify them in their own written verbal creations.

Descrição

Palavras-chave

Educação, Atividade de estudo e o desenvolvimento das capacidades autorais das crianças, Experimento didático-formativo, Teoria histórico-cultural, Gêneros do enunciado, Education, Study activity and development of children's authorship capacities, Didactic-formative experiment, Historical-cultural theory, Speech genres

Como citar

Kohle, Érika Christina. O desenvolvimento da capacidade autoral em crianças dos anos iniciais do ensino fundamental por meio da atividade de estudo. Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2022.