Produtividade de Agaricus blazei Murril em função do ambiente de cultivo, massa do substrato e camada de cobertura

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1999-04-20

Orientador

Eira, Augusto Ferreira da

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Dado à escassez de informações ou relatos técnico-científicos sobre o cultivo protegido de Agaricus blazei Murril, este trabalho teve como objetivos, avaliar os efeitos do ambiente de cultivo, da massa do substrato, da espessura da camada de cobertura e de choques térmicos no substrato de cultivo, na frutificação e produtividade de cogumelos A. blazei. Foram realizados dois experimentos. O primeiro constou da avaliação de três espessuras da camada de cobertura (3, 5 e 8 cm), duas massas de substrato (5 e 10kg) e dois ambientes de cultivo protegido (ambiente coberto com bambu e estufa coberta com lona plástica). O substrato de cultivo foi acondicionado em caixas plásticas, representando as parcelas experimentais. Cada tratamento foi constituído por 5 parcelas experimentais. O segundo experimento foi constituído por 5 tratamentos, sendo 3 com choques térmicos de 15oC e 2 controles (15oC e 25oC). Os choques térmicos foram aplicados no substrato de cultivo variando o número de choques e a duração de cada um, sendo tratamento 1: três choques térmicos com duração de 24 horas cada e em intervalos de 21 dias; tratamento 2: três choques térmicos com duração de 72 horas cada e em intervalos de 21 dias e tratamento 3: um choque térmico com duração de 72 horas. Nesse experimento, o cultivo foi realizado em uma sala escura sob condições controladas de temperatura (25oC) e umidade relativa do ar (80%). Os resultados foram obtidos a partir de 4 períodos de 21 dias de mensurações, que constituíam os intervalos entre os choques. Em função desses dois experimentos, foi realizada uma terceira avaliação onde se determinou a produtividade máxima, a taxa máxima de produtividade e o tempo de início de produção, em função dos três ambientes de cultivo referidos nesses dois experimentos. A partir dos resultados, concluiu-se que: no inverno, o ambiente coberto com plástico...

Resumo (inglês)

Given the shortage of information and technical scientific reports on the protected cultivation of A. blazei, the objectives of this work were to evaluate the effects of cultivation environment, mass of the substrate, thickness of the casing layer, and thermal shocks in the cultivation substrate, on the growth and productivity of the mushroom A. blazei Murril. To obtain the results, two experiments were performed. The first consisted of evaluating three thicknesses of casing layer (3, 5 and 8 cm), two substrates of different masses (5 and 10kg) and two types of protected cultivation (covered with bamboo and in a greenhouse covered with blue plastic canvas). in plastic boxes. Each different treatment was performed on 5 units (plastic boxes) of cultivation substrate. The second experiment consisted of five units, three with thermal shocks and one a control. The thermal shocks were applied to the cultivation substrate in varying number and duration, treatment 1 being: three thermal shocks of 24 hours duration; treatment 2: three thermal shocks of 72 hours duration, and treatment 3: one thermal shock of 72 hours duration. In this experiment, cultivation was carried out under controlled conditions in a room at temperature (25oC) and relative humidity (80%). The measurements were taken and shocks applied at four 21 day intervals. After these two experiments, a third evaluation was accomplished determining the maximum productivity, the maximum rate of production and the beginning time of production, in relation to the three cultivation environments used in the two experiments. From these results, it was concluded that: in the winter, the greenhouse covered with plastic, promoted more favourable environmental conditions for the production of A. blazei, than the structure covered with bamboo; in the greenhouse, casing layers of 5 and 8 cm thickness were more productive than the 3 cm layer... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

BRAGA, Gilberto Costa. Produtividade de Agaricus blazei Murril em função do ambiente de cultivo, massa do substrato e camada de cobertura. 1999. x, 73 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 1999.

Itens relacionados

Financiadores