Quinze Anos de Progressão Continuada: a percepção dos professores

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-03-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

This work, linked to the research line Public Policy, School Organization and Teacher Education, it started questioning about the influences of flunking policies inside Brazilian public schools. The research aimed to understand the perceptions of teachers inside the local schools in Presidente Prudente education, São Paulo on continued progression system fifteen years after its implementation. The selected theoretical framework and discussed the theoretical body involved studies on education decentralization and the main discussions on flunk policies. The research is a qualitative approach which is emphasizing more the process than the product. Data collection was performed by applying two questionnaires, the first composed of open and closed questions and the second drawn from the Likert model with only closed questions where the subjects expressed their opinions agreeing or disagreeing on affirmative proposals. The questionnaires allowed to trace the profile of the teachers who was participatins, understand the perceptions of them on the regime of continued progression system in the categories of analysis selected in the theoretical framework. As a result, we found that teachers have a negative perception of continued progression system, the continued training activities do not meet the teachers needs to act in this public school model and the desire to return to the continued education model...
Este trabalho, vinculado à linha de pesquisa Políticas Públicas, Organização Escolar e Formação de Professores, partiu do questionamento sobre as influências das políticas de não reprovação no interior das escolas públicas brasileiras. A pesquisa teve como objetivo compreender as percepções dos professores da rede municipal de educação de Presidente Prudente - SP sobre o regime de progressão continuada quinze após sua implantação. O referencial teórico selecionado e discutido no corpo teórico envolveu estudos sobre municipalização do ensino e as principais discussões sobre as políticas de não reprovação. A pesquisa é de abordagem qualitativa enfatizando muito mais o processo do que o produto. A coleta de dados foi realizada mediante a aplicação de dois questionários, sendo o primeiro composto por questões abertas e fechadas e o segundo usando a escala tipo Likert com questões somente fechadas em que os sujeitos da pesquisa manifestaram suas opiniões concordando ou discordando sobre as afirmativas propostas. Os questionários permitiram traçar o perfil dos professores participantes, compreender as percepções destes sobre o regime de progressão continuada nas categorias de análises selecionadas no aporte teórico...

Descrição

Palavras-chave

Educação, Educação permanente, Professores - Formação, Municipalização do Ensino, Education

Como citar

SILVA, Sérgio Eduardo Gomes da. Quinze Anos de Progressão Continuada: a percepção dos professores. 2015. 176 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2015.