Efeitos agudos do treino muscular respiratório no batimento ciliar, na força muscular e na capacidade cardiorrespiratória em idosos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-01-23

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introdução: A demografia da população mundial vem se tornando cada vez mais velha e o envelhecimento traz consigo alterações moforlógicas e fisiológicas, que levam à diminuição da capacidade fisiológica de adaptação a estressores ambientais. Algumas das principais alterações acompanhadas do envelhecimento são a diminuição da força muscular respiratória, da capacidade funcional cardiorrespiratória e no clearance mucociliar (diminuição da frequência do batimento ciliar), este último podendo levar à maior ocorrência de doenças respiratórias nessa população. Objetivo: O objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos agudos do treino muscular inspiratório sobre o batimento ciliar, a força muscular inspiratória e a capacidade cardiorrespiratória em homens idosos. Métodos: foi utilizado o Montreal Cognitive Assessment (MoCA) e realizados o Teste de Função Pulmonar, a manovacuometria, o teste de Tempo de Trânsito de Sacarina (TTS) e o Teste de Caminhada de Seis Minutos (TC6); foi realizada uma sessão de treino muscular respiratório com o dispositivo PowerBreathe® com carga de 30% da pressão inspiratória máxima (PImáx) conseguida na manovacuometria com 3x15. Resultados: Participaram dessa pesquisa 10 indivíduos do sexo masculino com 68,20±6,49 anos de idade; não houve diferença significativa nos valores espirométricos; os valores PImáx e da pressão expiratória máxima (PEmáx) indicaram alterações significativas no pós treino; a distância percorrida no TC6 no pré treino (542,50±74,78m) apresentou uma diminuição (531,7±62,10m) significativa no pós treino (p = 0,05), igual ao tempo do TTS que no pré treino apresentou 20,12±8,61 minutos e no pós treino caiu para 10,36±3,35 minutos (p = 0,001).
Introduction: The demography of the world’s population is becoming increasingly older and aging brings with it morphological and physiological changes, wich lead to a decrease in the physiological capacity of adaptation to environmental stressors. Some of the main alterations accompanied by aging are the decrease in respiratory muscle strength, cardiorespiratory functional capacity and in mucociliary clearance (decrease in the frequency of ciliary beat), the last one may lead to a higher occurrence of respiratory diseases in this population. Objective: The objective od this study was to evaluate the acute effects of inspiratory muscle training in ciliary beat, inspiratory muscle strength and cardiorespiratory capacity in elderly men. Methods: for the evaluation the Montreal Cognitive Assessment (MoCA), Pulmonary Function Test, Manovacuometry, the Saccharin Transit Time test (STT) and the Six-Minute Walk Test (6MWT) were performed; a single session of respiratory muscle training was performed using PowerBreathe® with a load of 30% of the maximum inspiratory pressure (MIP) achieved in the manovacuometry with 3x15. Results: 10 male subjects with 68,20±6,49 years old participated in this research; there was no significant difference in spirometric values; MIP and maximum expiratory pressure (MEP) values indicated significant post-training changes; the distance covered in the 6MWT in the pre-training (542,50±74,78m) showed a significant decrease (531,7±62,10m) in the post-training (p = 0,050), equal to the time of STT wich in the pre-training presented 20,12±8,61 minutes and in the post-traing dropped to 10,36±3,35 minutes (p = 0,001).

Descrição

Palavras-chave

Clearance mucociliar, Idosos, Pressões respiratórias máximas, Treinamento muscular respiratório

Como citar