Temperamento, desempenho e qualidade da carne de bovinos cruzados abatidos jovens

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-02-28

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A bovinocultura de corte deve ter foco no desenvolvimento de sistemas sustentáveis de produção. Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho de cruzamentos entre raças bovinas, visando animais precoces em acabamento e que produzam carne de qualidade, além de avaliar estes animais quanto a fatores ligados à expressão do temperamento. Foram realizadas avaliações da reatividade, desempenho, características de carcaça e qualidade da carne, in natura e maturada, de machos não castrados e fêmeas 3/4 Angus + 1/4 Nelore (ANTA), 1/2 Angus + 1/4 Simental + 1/4 Nelore (ANTS), 1/2 Limousin + 1/4 Angus + 1/4 Nelore (LITA) e 1/2 Limousin + 1/4 Simental + 1/4 Nelore (LITS), terminados em confinamento ou pastagem com suplementação e abatidos, respectivamente, aos 13 ou 18 meses de idade. Verificou-se que filhos de touros Limousin foram mais reativos, principalmente quando as mães eram Simental x Nelore. Os animais ficaram mais reativos ao longo do tempo e o sistema de produção parece não ter influenciado esta característica. Os animais ANTS foram mais pesados ao desmame (268 kg). Machos ANTA foram mais pesados ao abate quando confinados (474 kg), e os mais leves a pasto (448 kg); o inverso aconteceu com o gado LITA. O ganho diário não diferiu entre os genótipos no sistema a pasto, mas foi significativamente maior para os filhos de touros Angus no confinamento. Os filhos de touros Limousin foram mais eficientes quanto a conversão alimentar e apresentaram maior rendimento de carcaça do que os filhos de touros Angus (ANTA e ANTS). Todos os cruzamentos possibilitaram o abate precoce dos animais e a realização de um ciclo curto de produção. A força de cisalhamento não foi influenciada por nenhum dos efeitos estudados, sendo as médias da carne in natura iguais a 7,1 kgf/cm2, 7,0 kgf/cm2, 7,6 kgf/cm2 e 7,7 kgf/cm2 para os grupos genéticos...
Beef production should focus on developing sustainable production systems. This study aimed to evaluate the performance of crossbred cattle to produce young animals with good quality meat, and to evaluate the expression of temperament in these animals. Reactivity, performance, carcass traits and meat quality, fresh and mature, were evaluated in 3/4 Angus + 1/4 Nelore (ANTA), 1/2 Angus + 1/4 Simmental + 1/4 Nelore (ANTS), 1/2 Limousin + 1/4 Angus + 1/4 Nelore (LITA) e 1/2 Limousin + 1/4 Simmental + 1/4 Nelore (LITS) males and females, finished in feedlot or pasture with supplementation, and slaughtered at 13 or 18 months of age. It was found that offspring of Limousin bulls were more reactive, especially when the dams were 1/2 Simmental x 1/2 Nelore. Animals were more reactive over time and production system seems to have no influence on this trait. ANTS animals showed higher weight at weaning (268 kg). ANTA males showed higher weight at slaughter when confined (474 kg), and lower when finished on pasture (448 kg); the reverse happened with LITA cattle. The daily gain did not differ between the genotypes in the pasture system, but was significantly higher for offspring of Angus bulls in feedlot system. The offspring of Limousin bulls were more efficient in feed conversion and carcass yield than the offspring of Angus bulls (ANTA and ANTS). All crossings enabled the slaughter of young animals and short cycle of production system. Shear force was not affected by any of the effects studied, and the estimated means were equal to 7.1, 7.0, 7.6 and 7.7 kgf/cm2 for the genetic groups ANTA, ANTS, LITA e LITS, respectively... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Bovino - Maciez da carne, Bos taurus - Desempenho, Bos taurus - Meat tenderness

Como citar

DIESEL, Taciana Aparecida. Temperamento, desempenho e qualidade da carne de bovinos cruzados abatidos jovens. 2012. vii, 97 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2012.