Qualidade de carambolas submetidas a diferentes tratamentos pós-colheita

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-08-25

Autores

Borguini, Milena Galhardo [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de diferentes tratamentos químicos e de embalagens na conservação pós-colheita de carambolas refrigeradas. Foram utilizados frutos inteiros que após os tratamentos foram acondicionados em bandejas de poliestireno expandido, armazenados à temperatura de 10 ± 1°C e umidade relativa de 90 ± 2 % durante 21 dias. As análises foram realizadas com intervalo de 7 dias em relação aos seguintes parâmetros: cor, perda de massa fresca, firmeza, pH, acidez titulável, sólidos solúveis, açúcares redutores, teor de ácido ascórbico, fenóis e atividade respiratória. No primeiro experimento: Os frutos foram submetidos aos seguintes tratamentos: controle (T1), ácido ascórbico 1% (T2), ácido ascórbico 3% (T3), cloreto de cálcio a 1% (T4), cloreto de cálcio a 3% (T5), EDTA de cálcio a 1% (T6), EDTA de cálcio a 3% (T7). A partir dos resultados obtidos no primeiro experimento foi montado o segundo, associando a melhor concentração de cada tratamento com diferentes tipos de filmes plásticos. Os tratamentos foram: controle (sem filme, sem tratamento) (T1), policloreto de vinila (PVC) + ácido ascórbico a 3% (T2), PVC + cloreto de cálcio a 3% (T3), PVC + EDTA de cálcio a 3% (T4), polietileno de baixa densidade (PEBD) de 0,6 μ + ácido ascórbico a 3% (T5), PEBD de 0,6 μ + cloreto de cálcio a 3% (T6), PEBD de 0,6 μ + EDTA de cálcio a 3% (T7). Os diferentes tratamentos químicos na concentração de 3% e o uso de embalagens de PVC (Policloreto de vinila) e PEBD (Polietileno de baixa densidade) 0,6μ propiciaram melhor conservação de frutos de carambola sem interferir nas características de qualidade
The aim of this study was to evaluate the effect of different chemical treatments and packaging on postharvest storage of refrigerated carambole. Whole fruits after the treatments were placed in polystyrene trays, stored at 10 ± 1 ° C and relative humidity of 90 ± 2% for 21 days. Analyses were performed with an interval of 7 days on the following parameters: color, weight loss, firmness, pH, titratable acidity, soluble solids, reducing sugars, ascorbic acid, phenols and respiratory activity. In the first experiment, fruits were submitted to the following treatments: control (T1), ascorbic acid 1% (T2), ascorbic acid 3% (T3), calcium chloride 1% (T4), calcium chloride 3% (T5), calcium EDTA 1% (T6), and calcium EDTA 3% (T7). From the results obtained in the first experiment was established the second, combining the best concentration of each treatment with different types of plastic films. The treatments were: control (no film, no treatment) (T1), polyvinyl chloride (PVC) + ascorbic acid 3% (T2), PVC + calcium chloride 3% (T3), PVC + calcium EDTA 3% (T4), 0.6 μ low density polyethylene (LDPE) +ascorbic acid 3% (T5), 0.6 μ LDPE + calcium chloride 3% (T6), and 0.6 μ LDPE + calcium EDTA 3% (T7). The different chemical treatments on the concentration of 3% and the use of PVC (polyvinyl chloride) and LDPE (Low density polyethylene) 0.6 μ packaging provided better preservation of carambole fruits without interfering in the quality characteristics

Descrição

Palavras-chave

Frutas - Cultivo, Árvores frutíferas, Carambola - Qualidade, Fruits - Storage

Como citar

BORGUINI, Milena Galhardo. Qualidade de carambolas submetidas a diferentes tratamentos pós-colheita. 2011. xi, 58 f. Dissertação (mestrado) - Universidade EStadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2011.