Otimização de tecnologias para a produção de Pleurotus eryngii

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-07-05

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O consumo de cogumelos no Brasil é crescente ano após ano, por uma busca de alimentos saudáveis, com altos teores nutricionais. Dentre os cogumelos mais consumidos, cita-se a espécie Pleurotus eryngii, também conhecido ao redor do mundo como cogumelo Ostra-Rei. A produtividade dessa espécie no Brasil é baixa, situação que gera uma alta margem de risco sobre a produção. Portanto desenvolver novas tecnologias para incrementar a produtividade são desafios para a expansão comercial do cogumelo. O objetivo dessa pesquisa foi otimizar tecnologias e métodos para o cultivo do cogumelo eryngii. A pesquisa foi realizada em três fases experimentais com duas linhagens (PEY 20/02 e PEY 21/01), em ambiente controlado. A primeira fase experimental avaliou substratos a base de serragem de pinus, eucalipto e um misto de cedro com peroba. A segunda fase avaliou o desempenho da serragem sob três camadas de cobertura: solo + carvão (SC), solo + turfa (ST) e um misto de solo + turfa + carvão (STC). Foi utilizado delineamento inteiramente casualizado em fatorial duplo, contendo 6 repetições com 3 tratamentos nas duas fases experimentais. O cultivo médio foi de 85 dias em ambas fases. A terceira fase consistiu na continuidade da pesquisa com os melhores resultados das duas primeiras fases. Foram avaliados métodos de abertura do saco plástico para frutificação dos cogumelos, sendo eles: abertura da parte superior e adição da camada de cobertura, abertura total dos blocos, desfragmentação e suplementação com suplemento comercial e adição da camada de cobertura. As variáveis analisadas foram massa média, produtividade e números de cogumelos. Foi feito a análise de variância ANOVA, e aplicado teste de Tukey a 5% de probabilidade. Ao final da primeira fase observou que a serragem de eucalipto alcançou a maior produtividade, com médias de produtividade de 11,6% e massa média de 18,7g. Quanto ao número de cogumelos, a serragem de pinus produziu menos cogumelos com média de 7,2 cogumelos. Não foi observado desenvolvimento micelial no substrato com mistura com perobra + cedro. A segunda fase revelou que os dados de produtividade quando adicionado camada de cobertura atingiu 24,4% com a mistura de solo + carvão. A terceira e última fase experimental confirmou os resultados obtidos na segunda fase. A suplementação com composto comercial, também apresenta bons resultados para o cultivo deste cogumelo. Conclui que eucalipto é uma ótima opção para se produzir P. eryngii e a adição de camada de cobertura de solo + carvão e o manejo de blocos suplementados elevam a produtividade.
The consumption of mushrooms in Brazil is increasing year after year, due to a search for healthy foods, with high nutritional contents. Among the most consumed mushrooms, the Pleurotus eryngii species is cited, also known around the world as Oyster-Rei mushroom. The productivity of this species in Brazil is low, a situation that generates a high risk margin on production. Therefore, developing new technologies to increase productivity are challenges for the commercial expansion of the mushroom. The objective of this research was to optimize technologies and methods for the cultivation of the eryngii mushroom. The research was carried out in three experimental phases with two strains (PEY 20/02 and PEY 21/01), in a controlled environment. The first experimental phase evaluated substrates based on pine sawdust, eucalyptus and a mixture of cedar and peroba. The second phase evaluated the performance of sawdust under three cover layers: soil + coal (SC), soil + peat (ST) and a mixture of soil + peat + coal (STC). A completely randomized design was used in a double factorial, containing 6 replications with 3 treatments in the two experimental phases. The average cultivation was 85 days in both phases. The third phase consisted of continuing the research with the best results from the first two phases. Methods of opening the plastic bag for fruiting mushrooms were evaluated, namely: opening the top and adding the covering layer, total opening of the blocks, defragmentation and supplementation with commercial supplement and addition of the covering layer. The variables analyzed were average mass, productivity and numbers of mushrooms. ANOVA analysis of variance was performed, and Tukey's test was applied at 5% probability. At the end of the first phase, it was observed that the eucalyptus sawdust reached the highest productivity, with average productivity of 11.6% and average mass of 18.7g. As for the number of mushrooms, pine sawdust produced fewer mushrooms with an average of 7.2 mushrooms. No mycelial development was observed in the substrate mixed with perobra + cedar. The second phase revealed that the productivity data when the cover layer was added reached 24.4% with the mixture of soil + coal. The third and final experimental phase confirmed the results obtained in the second phase. Supplementation with commercial compost also shows good results for the cultivation of this mushroom. It concludes that eucalyptus is a great option to produce P. eryngii and the addition of a soil cover layer + charcoal and the management of supplemented blocks increase productivity

Descrição

Palavras-chave

Camada de cobertura., Cogumelo, Eryngii, Serragem, Suplementação, Turfa, Casing layer, Mushroom, Peat mushroom, Sawdust, Supplementation

Como citar