Teores de carboidratos em pessegueiros cultivados em clima subtropical

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-03-06

Orientador

Leonel, Sarita

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Horticultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O armazenamento de carboidrato é necessário para sustentar o desenvolvimento das plantas, em períodos de estresse, durante a dormência e muito importante no início do crescimento e frutificação, na primavera. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar os teores de carboidratos em cultivares de pessegueiro, cultivados em clima subtropical. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental Lageado, da Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP de Botucatu/SP, situada: 22° 51’ 55” S e 48° 26’ 22” O e a 810 m de altitude, onde foram avaliados pessegueiros irrigados, com dois anos de idade, cultivados no espaçamento de 6,0 x 4,0 m. O delineamento foi em parcelas subdivididas com 4 blocos, onde as parcelas corresponderam as cultivares Douradão, BRS Kampai e BRS Rubimel e as subparcelas às épocas de coleta das amostras. As amostras da parte aérea foram coletadas nos meses de janeiro, fevereiro, março, abril, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro. Os frutos foram colhidos no pico da colheita, e as épocas de coletas das raízes foram nos meses de janeiro, abril, agosto, novembro e dezembro. Foram empregadas 3 plantas por parcela experimental. Os teores de amido nas raízes das cultivares de pessegueiro foram superiores a ramos, de agosto a dezembro, destacando-se a cultivar Douradão que obteve o teor mais elevado. Porém o teor de amido em ramos foram superiores a raízes, de fevereiro a abril nas três cultivares de pessegueiro de clima subtropical.

Resumo (inglês)

The storage of carbohydrates is needed to sustain plant growth during periods of stress during dormancy, and very important in early growth and fruiting in spring. In this context, the present work aimed to study the accumulation of carbohydrates in peach cultivars grown in subtropical climate. The experiment was conducted at the Experimental Farm Lageado, Faculty of Agricultural Sciences, UNESP, Botucatu / SP, located in the following geographical coordinates: 22° 51' 55 S and 48° 26' 22. The and 810 m height, where they were reviews irrigated peach trees two years old, grown at a spacing of 6.0 x 4.0 m. The design was a split plot design with 4 blocks, where the plots consisted of cultivars treatments (Douradão, Kampai BRS and BRS Rubimel) and subplots to the times of sample collection, the samples of shoots were collected in the months of January, February, March, April, August , September, October, November and December, the fruits were harvested at the peak of harvest, and collection times for roots were in the months of January, April, August, November and December. Three plants were used per experimental plot. There was variation in the accumulation of carbohydrates during times of reviews, but more carbohydrate stored in peach was starch for root and branch in which he presents the most significant accumulation, with its highest peak accumulation in August highlighting Douradão to cultivate both. The starch content in the roots of cultivars, were above branches, from August to December, highlighting the growing Douradão who obtained the highest level, however the starch content in the roots were higher branches, from February to April the three peach cultivars of subtropical climate

Descrição

Idioma

Português

Como citar

GONÇALVES, Bruno Henrique Leite. Teores de carboidratos em pessegueiros cultivados em clima subtropical. 2014. x, 54 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2014.

Financiadores