Programa de educação familiar a distância em linguagem e comunicação suplementar e alternativa

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-02-24

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Grande número de crianças e jovens com deficiência pode apresentar dificuldades significativas de se comunicar por meio da fala. O conjunto de técnicas, procedimentos, recursos e serviços desenvolvidos na área da Comunicação Suplementar e/ou Alternativa (CSA) objetiva, em síntese, promover a aquisição e o desenvolvimento da linguagem para efetiva interação social entre estes indivíduos e seus interlocutores. Tal objetivo implica, necessariamente, em capacitar os parceiros de comunicação das pessoas que utilizam ou candidatam-se ao uso de sistemas de CSA, sendo os familiares, interlocutores que merecem especial atenção. Considerando a relevância de se desenvolver diferentes formatos de educação familiar em comunicação alternativa, e a reduzida disponibilização de programas sistematizados na área, o objetivo desta pesquisa foi desenvolver um programa de educação familiar à distância a respeito de linguagem e comunicação alternativa para familiares de indivíduos de dois a doze anos com deficiência e necessidades complexas de comunicação. Neste propósito, o trabalho foi estruturado em dois estudos: o primeiro, de natureza bibliográfica, objetivando a identificação de indicadores na literatura especializada, e o segundo, de natureza técnico-científica, que tratou da elaboração do programa. O primeiro estudo identificou 118 excertos de artigos científicos que versavam sobre a interface entre comunicação suplementar e/ou alternativa e algum aspecto de orientação familiar. Tais excertos, agrupados em categorias de análise, fundamentaram cientificamente a criação do conteúdo do programa. No segundo estudo, as ações de planejamento incluíram: a definição do objetivo do programa, da sequência lógica de conteúdo, da estrutura em tópicos, redação dos objetivos dos tópicos e definição dos recursos audiovisuais. A etapa de elaboração estruturou-se pela criação dos textos principais e de orientações curtas, criação do glossário, das atividades dos tópicos, seleção de materiais complementares, redação dos textos de introdução dos tópicos e criação do tutorial de acesso e navegação. Os procedimentos de elaboração do conteúdo audiovisual incluíram: seleção de vídeos, prescrição e criação de ilustrações, e produção do vídeo de abertura. O programa educacional, intitulado “Programa de Educação em Linguagem e Comunicação Alternativa” (Edulinca – módulo para famílias) é composto por doze tópicos de conteúdo multimídia e foi hospedado na plataforma Moodle da UNESP. Como procedimento de avaliação do site do programa, foi realizado teste de usabilidade com quatro participantes, considerando-se a primeira aplicação como piloto. Os participantes eram familiares de crianças com deficiência e necessidades complexas de comunicação. A análise dos dados, coletados por meio de um questionário que avalia a satisfação subjetiva de uso, apontou 92,5% de taxa média de satisfação dos participantes. Excetuando-se a participante do teste-piloto, os demais participantes indicaram 100% de satisfação e facilidade de uso com o Edulinca, mesmo com alguns obstáculos durante a utilização. O teste de usabilidade permitiu identificar características do site que facilitavam e/ou que, de alguma maneira, dificultavam o acesso a funcionalidades ou a execução de tarefas de navegação, indicando ajustes necessários ou validando soluções já adotadas. O programa Edulinca – módulo para famílias se apresenta como alternativa viável ou estratégia coadjuvante no atendimento das necessidades das famílias que utilizam ou poderiam se beneficiar do uso da comunicação alternativa.
Many disabled children and young people may have difficulties in communicating through speech. The techniques, procedures, resources and services in Augmentative and/or Alternative Communication (CSA) aims, in short, to promote effective social interaction among these individuals and their interlocutors. This goal necessarily implies training the communication partners of people who use AAC systems or may come to use it, being the family members, the interlocutors who deserve special attention. Considering the relevance to develop different models of family education in alternative communication, and the few systematized programs on this issue, the goal of this research was to develop an e-learning education program about language and alternative communication for families of people with disabilities and complex communication needs, aged between two and twelve years old. The research was carried out in two studies: the first, a bibliographic one, aiming at identifying indicators in specialized literature, and the second, a technical-scientific one, that was the development of the orientation program. The first study identified 118 excerpts of scientific articles about the interface between alternative communication and some aspect of family orientation. Such excerpts, grouped into analysis categories, were the scientific basis for the creation of the program content. In the second study, planning included the following definitions: goals, logical sequencing of the content, structure in thematic topics, the topics aims and the audiovisual resources. The elaboration phase included the creation of the main texts, the short tips, the glossary, the tasks of the topics, the selection of the supplementary materials, the writing of the introduction of the topics and of the participants’ guide. The creation procedures of the audiovisual content included the selection of videos, the making of illustrations and the opening video production. The educational program, called in portuguese “Educação em Linguagem e Comunicação Alternativa (Edulinca – módulo para famílias)”, and in english “Alternative Communication and Language Education Program (Edulinca – family version)” has twelve topics of multimedia content and it can be found in Moodle platform of UNESP. In order to evaluate the site of the program, a usability test was done with four participants, being the first one a pilot-study. The participants were parents of disabled kids with complex communication needs. The data analysis, which was collected through a scale that evaluates the subjective satisfaction of its use, showed 92,5% as the average satisfaction. Three out of four of the participants indicated a 100% of satisfaction and ease of use perception with Edulinca, even with some drawbacks during the test. The usability test helped to identify the features of the site that eased and/or somehow, made the access to functions or surfing tough, pointing to adjustments or confirming solutions previously adopted. The Edulinca program – family version is a viable alternative or a supporting strategy to help families that already use it or may benefit from alternative communication.

Descrição

Palavras-chave

Educação Especial, Sistemas de comunicação, Comunicação alternativa, Orientação familiar, Linguagem, Augmentative and/or Alternative Communication, Special education, Family education

Como citar