Hanseníase na população em idade escolar em municípios endêmicos do Estado do Mato Grosso

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-02-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A hanseníase é uma doença infecciosa crônica e sistêmica causada pelo Mycobacterium leprae ou pelo Mycobacterium lepromatosis que, quando não diagnosticada precocemente, pode levar ao surgimento de incapacidades físicas e deformidades, tendo consequências sociais e econômicas devido ao estigma associado à enfermidade. O acometimento de indivíduos em idade escolar é um importante indicador da extensão da endemia na população, refletindo deficiências nos sistemas de saúde em relação à detecção precoce da doença. O presente estudo avaliou os aspectos clínicos, sociodemográficos, operacionais e espaciais associados à detecção da hanseníase em indivíduos em idade escolar em Cáceres e Rondonópolis, dois municípios endêmicos do estado do Mato Grosso. Foi encontrada uma maior proporção de indivíduos acometidos na faixa etária de 10 a 14 anos em Cáceres (56.3%), e 0-9 anos (42.4%) em Rondonópolis (p=0.003), autodeclarados pretos em Cáceres (21.9%, p=0.01), com a forma clínica indeterminada (12.5%) e virchowiana (18.8%) em Cáceres (p=0.005). Também, uma significativa proporção de indivíduos estava entrando e deixando o sistema de saúde com algum grau de incapacidade física (23.5%, p<0.001). A proporção de contatos avaliados entre os registrados foi menor que 50% em todos os anos de estudo, em ambos municípios, demonstrando uma falha nos serviços de saúde em relação à utilização de métodos ativos de detecção. A análise geoespacial demonstrou heterogeneidade na distribuição de casos em ambos municípios, podendo esta ser relacionada aos determinantes sociais da doença, e foi encontrada também uma importante centralização da atenção primária no Centro Referencial de Saúde em Cáceres, revelando fragilidades operacionais nos serviços. Conclui-se que a ampliação da detecção ativa e da avaliação de contatos é uma importante ferramenta para o interrompimento da cadeia de transmissão da hanseníase e diminuição das graves consequências ao desenvolvimento biopsicossocial de crianças e adolescentes.
Leprosy is a chronic and systemic infectious disease caused by Mycobacterium leprae or Mycobacterium lepromatosis that, when not early diagnosed, can lead to the development of physical disabilities and deformities, with social and economic consequences due to the stigma associated with the disease. The presence of the disease in individuals of school age is an important indicator of the extent of the endemicity in the population, reflecting deficiencies in health care systems in relation to early detection of the disease. This study evaluated the clinical, sociodemographic, operational and spatial aspects associated with the detection of leprosy in individuals of school age in Cáceres and Rondonópolis, two endemic municipalities in the state of Mato Grosso. A higher proportion of affected individuals was found in the age group of 10 to 14 years in Cáceres (56.3%), and 0-9 (42.4%) years in Rondonópolis (p=0.003), self-declared black in Cáceres (21.9%, p=0.01), with the clinical form indeterminate (12.5%) and lepromatous (18.8) in Cáceres (p=0.005). Also, a significant proportion of individuals were entering and leaving the health system with some degree of physical disability (23.5%, p<0.001). The proportion of contacts evaluated among those registered was less than 50% in all years of the study, in both municipalities, demonstrating a failure in health services in relation to the use of early detection methods. The geospatial analysis showed heterogeneity in the distribution of cases in both municipalities, which may be related to the social determinants of the disease, and an important centralization of primary care was also found in the Referential Health Center in Cáceres, revealing the operational weaknesses in the services. In conclusion, the expansion of active search and evaluation of contacts is an important tool for interrupting leprosy’s transmission chain and reducing serious consequences for the biopsychosocial development of children and adolescents

Descrição

Palavras-chave

Hanseníase, Escolares, Epidemiologia, Mato Grosso, Leprosy, Epidemiology, Scholars

Como citar