Estudo da taxa de passagem de cabras em gestação

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-02-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo deste estudo foi estimar a taxa de passagem em cabras leiteiras gestantes. O mesmo foi dividido em dois experimentos usando cabras multíparas, não lactantes, gestantes. O primeiro estudo foi realizado em 36 cabras, multíparas, com peso médio de 50,6 ± 7,7 kg, distribuídas nos tratamentos de acordo com a raça (Saanen e Alpina); tipo de prenhez (simples e gemelar) e período de gestação (80, 110 e 140 dias). O delineamento experimental foi completamente casualizado e teve como objetivo estimar a taxa de passagem de cabras leiteiras durante a gestação. O segundo estudo foi realizado em 49 cabras multíparas, não lactantes, com gestação gemelar e peso médio de 49.0 kg ± 8.9, distribuídas nos tratamentos de acordo com o período de prenhez (80,110,140 dias), tipo de restrição alimentar (sem restrição, moderada e severa), e raça (Saanen e Alpina). O delineamento experimental foi em blocos casualizados e o objetivo foi estimar a taxa de passagem em cabras leiteiras submetidas a resrição alimentar ao longo da prenhez. Para a estimativa da taxa de passagem foram fornecidos indicadores externos (itérbio para fase sólida e Cr-EDTA para fase líquida) e foi usada a metodologia do esvaziamento do trato digestório em animais abatidos para a coleta das amostras e foi mensurada a quantidade de gordura e o peso sorporal previo ao abate. A digestibilidade da MS e da MO aumenta em cabras com gestação gemelar no primeiro terço da prenhez e decresce ao final da gestação. Cabras com gestação simples apresentam maior digestibilidade da MS e do FDN na fase final da prenhez. Cabras leiterias gestantes não alteram a taxa de passagem dos sólidos no rúmen durante a prenhez. Cabras Saanen apresentaram maior taxa de diluição ruminal. A taxa de passagem dos sólidos em cabras gestantes submetidas a restrição alimentar varia entre 0.03 a 0.10/h...
The objective of this study was to estimate passage rate in pregnancy goats. It was divided in three studies using goats multiparous, no milking, pregnancy. The first study was in 36 goats multiparous and mean weight was 50,6 kg ± 7,7 distributed in the treatments according breed (Saanen and Oberhasli), gestational age (80, 110, 140 days) and type of pregnancy (simples or twin). Design experimental was completely randomized and the objective was to estimate passage rate in milking goats during the pregnancy. The second study was in 49 goats multiparous, no milking, with twin pregnancy and mean weight 49.0 kg ± 8.9, distributed in the treatments according breed (Saanen and Oberhasli), gestational age (80, 110, 140 days) and nutritional restriction (no restriction, moderate and severe). Design experimental was in blocks randomized and the objective was to estimate passage rate in milking goats with nutritional restriction during pregnancy. For both studies were given orally external markers (ytterbium for solid phase and Cr- EDTA for liquid phase). Slaughter method was used and evacuation for sample collecting from gastro-intestinal tract and quantity of fat was measured. Digestibility assay was performed and the DMI was daily measured. Milking pregnancy goats not change ruminal passage rate during the pregnancy. DM, and organic matter increased in early pregnancy in twin pregnancy goats and decreased in late gestation. Simple pregnancy goats increased DM and NDF digestibility in late gestation. Pregnancy milking goats not changed passage rate of particles in the rumen. Saanen goats showed greater ruminal dilution rate. Passage rate in nutritional restriction goats range was 0,03 to 0,10 /h. Oberhasli breed with moderate restriction increased ruminal passage rate of solid phase in the secondthird of gestation. Passage rate alteration in pregnancy goats is associated to breed, nutritional level and gestational age

Descrição

Palavras-chave

Cabra - Nutrição, Digestão, Indicadores (Biologia), Gravidez, Rúmen, Digestion

Como citar

RIVERA, Astrid Rivera. Estudo da taxa de passagem de cabras em gestação. 2013. iv, 55 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2013.