Marcadores de superfície de Células-tronco: estudo de reação cruzada inter-espécies

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Mesenchymal stem cells (MSCs) are adult multipotent cells with fibroblastoid morphology and adherent to plastic. Furthermore, they can be obtained from different sources. Besides bone marrow, these cells are taken from umbilical cord blood, umbilical vein, saphenous vein, peripheral blood, arteries, liver and fetal pancreas, placenta, dental pulp and adipose tissue. MSCs derived from adipose tissue are important because of the abundant number of cells that can be obtained from this tissue, easy access and little discomfort to the patient. This study compared two techniques for obtaining MSCs from adipose tissue: mechanical dissociation (MD) and enzymatic digestion (ED). We also analyzed the inter-species cross-reactions using commercial monoclonal antibodies directed against surface antigens of stem cells from different species: mouse, horse, rabbit, monkey and human. We found that MD technique is favorable in relation to ED within 15 days of culture, and ED is more efficient in the first days of culture. The data also showed that MD causes less damage to cellular DNA. About inter-species cross-reactions, the monoclonal antibody A69 directed against stem cells from rabbits, which can be used in veterinary medicine, particularly in research involving horses
As células-tronco mesenquimais (CTMs) são células adultas multipotentes com morfologia fibroblastóide e aderentes ao plástico. Além disso, podem ser obtidas de diferentes fontes. Além da medula óssea, estas células são retiradas do sangue de cordão umbilical, da veia umbilical, da veia safena, do sangue periférico, da parede de artérias, do fígado e do pâncreas fetais, da placenta, da polpa dentária e do tecido adiposo. As CTMs obtidas do tecido adiposo se destacam devido à abundante quantidade de células que podem ser retiradas deste tecido, fácil acesso e pouco desconforto para o paciente. Neste estudo foram comparadas duas técnicas para obtenção de CTMs de tecido adiposo: dissociação mecânica (DM) e digestão enzimática (DE). Foram também analisadas reações cruzadas inter-espécies utilizando anticorpos monoclonais comerciais dirigidos contra antígenos de superfície de células-tronco de diferentes espécies: camundongo, cavalo, coelho, macaco e humano. Observamos que a técnica de DM é favorável em relação à DE após 15 dias de cultura, sendo que a DE mostra-se mais eficiente nos primeiros dias de cultura. Os dados encontrados mostraram também que a DM causa menos dano ao DNA celular. Com relação às reações cruzadas inter-espécies, destaca-se o anticorpo monoclonal A69 dirigido contra células-tronco de coelhos, o qual pode ser utilizado em medicina veterinária, em especial na pesquisa envolvendo equinos

Descrição

Palavras-chave

Célula-tronco mesenquimal, Medula óssea – Estudos experimentais, Tecido adiposo

Como citar

MARTINS, Juliana Ravelli Baldassarre. Marcadores de superfície de Células-tronco: estudo de reação cruzada inter-espécies. 2010. 1 CD-ROM. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Ciências Biomédicas) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Botucatu, 2010.