Otimização e escalonamento da produção de Xilanases por Candida davisiana L101 isolada de amostra da Antártica visando a aplicação na produção de biocombustível

Imagem de Miniatura

Data

2015

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A crescente busca de fontes renováveis de energia impulsionou a produção do etanol. A produção deste gera uma grande quantidade de resíduos lignocelulósicos que podem ser aproveitados e transformados no etanol de segunda geração. Para a obtenção deste bioetanol um dos métodos que pode ser utilizado é o emprego de enzimas hemicelulósicas provenientes de leveduras, como a enzima xilanase. A hidrólise com o uso da enzima xilanase é um processo de baixo custo e que evita a formação de compostos tóxicos para uma fermentação alcoólica subsequente, método que pode ser utilizado para a produção do etanol de segunda geração e agregar valor a este. A levedura Candida sp. L101 é uma levedura psicrotolerante (da Antártica) produtora da enzima xilanase, com uma possível atividade específica alta, atuando em temperaturas baixas e moderadas. Neste trabalho é demonstrada a determinação da produção de xilanases pela Candida sp. L101 através da estimativa da liberação de açúcares (método do ácido dinitrosalicílico - ADNS) e avaliação da influência de diferentes fatores na produção desta (delineamento experimental de Plackett&Burman) visando sua otimização. Os resultados obtidos após sete planejamentos do tipo Plackett&Burman e caracterização prévia das xilanases, produzidas por Candida sp. L101, demonstraram uma boa estabilidade da enzima em baixas e médias temperaturas (perca de estabilidade a partir de 35°C), boa faixa de pH de atuação (pH 3 a 7) e um aumento de aproximadamente 38 vezes (22,6 uMol/mL/Min) em relação a produção obtida inicialmente, demonstrando eficácia na técnica de planejamento experimental utilizada. A levedura Candida sp. L101 não produziu no presente trabalho quantidades elevadas de xilanases se comparada com fungos filamentosos, mas apresentou características interessantes e potencial para ainda melhoras em sua produção enzimática, indicando ser um promissor recurso...

Descrição

Palavras-chave

Enzimas, Levedos, Hidrolise, Bioetanol

Como citar

VIEIRA, Juliana Maira Freitas. Otimização e escalonamento da produção de Xilanases por Candida davisiana L101 isolada de amostra da Antártica visando a aplicação na produção de biocombustível. 2015. 47 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado e licenciatura - Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2015.