Efeito da suplementação com fibra alimentar na inflamação e dislipidemia de pacientes com doença renal crônica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-02-19

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

INTRODUÇÃO: A Doença Renal Crônica (DRC) apresenta alta prevalência global, sendo a doença cardiovascular (DCV) sua principal causa de morbidade e mortalidade. A dislipidemia e a inflamação são importantes fatores de risco cardiovascular nessa população, que podem ser atenuados com o aumento da ingestão de fibras alimentares. OBJETIVOS: Avaliar o efeito da suplementação de fibra alimentar na inflamação e dislipidemia de pacientes com doença renal crônica pré dialítica, bem como em outros parâmetros laboratoriais e nutricionais. MÉTODOS: Foi realizado ensaio clínico randomizado controlado com os pacientes maiores de dezoito anos atendidos no Ambulatório de Pré-Diálise do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu. Os que não preencheram os critérios de exclusão foram agrupados em grupo controle (GC) e grupo intervenção (GI) por meio de sorteio. O GC recebeu 10g de módulo de carboidrato como placebo e o GI recebeu 10g de pó correspondendo a 8,6 gramas de fibras (goma guar e inulina), para serem ambos diluídos em 150mL de água filtrada 1 vez ao dia pela manhã durante 60 dias consecutivos. O protocolo de avaliação foi composto por dados clínicos, nutricionais e laboratoriais, aplicado antes da intervenção e após 60 dias. Os resultados foram apresentados como frequências e porcentagens ou média ± desvio padrão, conforme característica de cada variável. Para comparar as variáveis explanatórias no tempo foi ajustado um Modelo Misto em medidas repetidas. Considerou-se nível de 5% de significância. RESULTADOS: Foram avaliados 24 pacientes, 13 no GI e 11 no GC. Os pacientes apresentaram média de idade de 57,5±12,6 anos, sendo 70,8% do sexo masculino, com taxa de filtração glomerular média de 13,6±3,0mL/min/1,73m². Comparando os momentos antes e após a intervenção, não houve diferença significativa nos marcadores de perfil lipídico como colesterol total (151,0±31,2 vs. 149,9±16,7mg/dl, p=0,92), HDL (50,3±27,8 vs. 44,3±23,1mg/dl, p=0,43) e triglicérides (171,4±99,2 vs. 187,9±111,4mg/dl, p=0,63), nem inflamação avaliada por proteína C-reativa (0,7±0,2 vs. 0,6±0,1mg/dl, p=0,31), bem como em outros parâmetros laboratoriais e nutricionais. CONCLUSÃO: A suplementação de fibras alimentares não exerceu efeito na inflamação e perfil lipídico, bem como em parâmetros laboratoriais e nutricionais de pacientes com DRC na fase pré dialítica.
INTRODUCTION: Chronic Kidney Disease (CKD) has a high global prevalence, being cardiovascular disease (CVD) its main cause of morbidity and mortality. Dyslipidemia and inflammation are important cardiovascular risk factors in this population, which can be attenuate by increasing dietary fiber intake. OBJECTIVE: To evaluate the effect of dietary fiber supplementation on inflammation and dyslipidemia in patients with pre-dialytic chronic kidney disease, as well as on other laboratory and nutritional parameters. METHODS: A randomized controlled trial was conducted with patients adults attending at the Pre-Dialysis Outpatient Clinic Hospital of Faculty of Medicine of Botucatu. Patients that did not meet the exclusion criteria were grouped into a control group (CG) and intervention group (GI). The CG received 10g of carbohydrate modulus as placebo and the GI received 10g of intervention powder corresponding to 8.6 grams of fiber (guar gum and inulin), both of which were diluted in 150mL of filtered water once a day in the morning during 60 consecutive days. Results were presented as frequencies and percentages or mean ± standard deviation, according to the characteristics of each variable. To compare the explanatory variables over time a mixed model was fitted in repeated measures. It was considered a 5% level of significance. RESULTS: Twenty-four patients were evaluated, 13 in GI and 11 in CG. The patients had a mean age of 57,5±12,6 years old, being 70,8% male, with an average glomerular filtration rate of 13,6±3,0mL/min/1,73m². Comparing the moments before and after the intervention, there was no significant difference in lipid profile markers such as total cholesterol (151,0±31,2 vs. 149,9±16,7mg/dl, p=0,92), HDL (50,3±27,8 vs. 44,3±23,1mg/dl, p=0,43) and triglycerides (171,4±99,2 vs. 187,9±111,4mg/dl, p=0,63), nor evaluated inflammation by C-reactive protein (0,7±0,2 vs. 0,6±0,1mg/dl, p=0,31), as well as other laboratory and nutritional parameters. CONCLUSION: Dietary fiber supplementation had no effect on inflammation and lipid profile, as well as on laboratory and nutritional parameters of patients with pre-dialysis CKD.

Descrição

Palavras-chave

Insuficiência renal crônica, Fibras na nutrição humana, Prebióticos, Hiperlipidemia, Inflamação, Chronic kidney disease, Dietary fiber, Prebiotic, Dyslipidemia, Inflammation

Como citar