Eficácia da irrigação ultrassônica passiva na limpeza e eliminação de Enterococcus faecalis dos canais radiculares

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-03-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia da Irrigação Ultrassônica Passiva (IUP) na limpeza e eliminação Enterococcus faecalis de canais radiculares, em comparação à Irrigação Manual Convencional (IMC). O estudo foi dividido em dois capítulos. No capítulo I, foram utilizadas raízes de 75 dentes unirradiculados humanos extraídos. Após o preparo biomecânico, os espécimes foram divididos em cinco microplacas de cultura e esterilizados em óxido de etileno. Os canais radiculares foram contaminados com Enterococcus faecalis (ATCC 29212) e incubados a 37ºC durante 21 dias. As microplacas com os espécimes foram divididas em cinco grupos de acordo com o protocolo de irrigação utilizado (n=15): G1- IUP com solução salina; G2- IUP com NaOCl 1%; G3- IMC com solução salina; G4- IMC com NaOCl 1%; G5- controle (sem irrigação). Foram realizadas três coletas microbiológicas: inicial (após 21 dias de contaminação do canal), imediatamente após irrigação e final (após 7 dias dos tratamentos realizados). Após diluições decimais seriadas e semeadura, foi determinado o número de unidades formadoras de colônia por mililitro de solução (UFC/mL). No capítulo II, foram utilizadas raízes de dentes artificiais unirradiculados. Após o preparo dos canais radiculares, foram realizados quatro canais laterais nos terços apical e médio da raiz, nas superfícies vestibular e lingual. Posteriormente, os canais foram preenchidos com uma solução de contraste radiológico. Os espécimes foram divididos aleatoriamente em três grupos de acordo com o protocolo de irrigação (n=08): GI- IMC com agulha 30G, GII- IUP1 com fluxo intermitente, GIII- IUP2 com fluxo contínuo. Antes e após irrigação, os dentes foram radiografados no sentido proximal utilizando...
The aim of this study was to evaluate the cleaning efficacy and elimination of Enterococcus faecalis from the root canal provided by passive ultrasonic irrigation (PUI) compared with conventional needle irrigation (CNI). The study was divided into two chapters. In chapter I, seventy-five extracted human single-rooted teeth were used. After root canal instrumentation, specimens were randomly divided into cell culture microplates. The microplates containing the specimens were wrapped and sterilized by ethylene oxide. Root canals were inoculated with Enterococcus faecalis (ATCC 29212) and incubated at 37ºC for 21 days. The microplates containing the roots were randomly divided in five groups, according to the irrigation method: G1- PUI with saline solution, G2- PUI with 1% NaOCl, G3- CNI with saline solution, G4- CNI with 1% NaOCl, G5- control (no irrigation). Microbiological samples were collected at three time points: initial (21 days after inoculation), post-irrigation (immediately after irrigation), and final (7 days after irrigation). After serial decimal dilutions, the inocula were seeded and was determined the number of CFU/mL. In chapter II, single-rooted artificial teeth were used. After root canal instrumentation, four lateral canals were performed in the middle and apical thirds. After, the root canals were filled with a contrast solution. The roots were randomly divided into three groups, according to the irrigation technique (n=8): GI- IMC with 30-gauge needle, GII- IUP1 with intermittent flow and GIII- IUP2 with continuous flow. Before and after irrigation, the roots were radiographed using a digital radiographic system. The areas of the... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Endodontia, Enterococcus faecalis

Como citar

CHÁVEZ ANDRADE, Gisselle Moraima. Eficácia da irrigação ultrassônica passiva na limpeza e eliminação de Enterococcus faecalis dos canais radiculares. 2012. 87 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araraquara, 2012.