O jogo nas aulas de educação física: por uma educação para e pelo lazer sustentada pela pedagogia histórico-crítica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-03-31

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Atualmente a educação está sob condicionantes impostos pelo modelo econômico capitalista com uma perspectiva neoliberal que impacta diretamente a rotina escolar através da ideologia da produtividade, reduzindo os tempos e os espaços para a vivência do jogo no ambiente escolar. Além disso, percebe-se na concepção de ensino pautada no aprender a aprender, trazida pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), um modelo de educação que almeja a formação alienada dos sujeitos para que estes possam se adaptar a qualquer condição imposta pelos meios de produção. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo analisar um processo de apropriação do conhecimento sobre jogo por parte de estudantes nas aulas de Educação Física com base na Pedagogia Histórico-Crítica (PHC) em prol da construção de uma educação para e pelo lazer. O presente trabalho foi realizado com estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental (Anos Iniciais) de uma escola do interior de São Paulo. A pesquisa está amparada nas teorias pedagógicas contra hegemônicas, e em autores que ressaltam a importância do jogo e do lazer para a transformação social. A abordagem metodológica apoia-se no método da pesquisa-ação. Os dados foram coletados através de diário de campo do pesquisador e questionários específicos aplicados aos alunos. Dentre as conclusões, é possível verificar que a PHC contribuiu de maneira significativa no processo de apropriação dos participantes referente aos conceitos do lazer, em especial à característica de atividades que proporcionem prazer ao ser humano, e favoreceu a ampliação dos saberes do público alvo do estudo referente às características essenciais do jogo como a liberdade na elaboração das regras. A prática social inicial dos alunos e das alunas da escola pública inicialmente se mostrou reduzida e a PHC permitiu a ampliação e aprofundamento da compreensão do lazer por esses estudantes, à quem a agenda liberal prevê e materializa uma educação superficial.
Currently, the education is under constraints imposed by the capitalist economic model with a neoliberal perspective that directly impacts the school routine through the ideology of productivity, reducing the times and spaces for experiencing the game in the school environment. In addition, it can be seen in the conception of teaching based on learning to learn, brought by the National Common Curricular Base (BNCC), an education model that aims at the alienated formation of the subjects so that they can adapt to any condition imposed by the means of education. production. Thus, the present study aims to analyze a process of appropriation of knowledge about games by students in Physical Education classes based on Historical-Critical Pedagogy (PHC) in favor of building an education for and through leisure. The present work was carried out with students of the 5th year of Elementary School (Initial Years) of a school in the interior of São Paulo. The research is supported by counter-hegemonic pedagogical theories, and by authors who emphasize the importance of games and leisure for social transformation. The methodological approach is based on the action-research method. Data were collected through the researcher's field diary and specific questionnaires applied to students. Among the conclusions, it is possible to verify that the PHC contributed significantly in the process of appropriation of the participants regarding the concepts of leisure, in particular the characteristic of activities that provide pleasure to the human being, and favored the expansion of the knowledge of the target public of the study referring to the essential characteristics of the game such as freedom in the elaboration of the rules. The initial social practice of male and female public school students was initially reduced and the PHC allowed the broadening and deepening of the understanding of leisure by these students, for whom the liberal agenda foresees and materializes a superficial education

Descrição

Palavras-chave

Lazer, Lazer Educação, Lazer Educação Jogo Pedagogia Histórico-Crítica, Leisure, Education, Game, Historical-critical pedagogy

Como citar