Pigmentação exógena em pododáctilos simulando isquemia de extremidades: um desafio diagnóstico provocado por artrópodos da classe Diplopoda (piolhos-de-cobra)

Resumo

Um paciente de 24 anos relatou ter pisado em um piolho de cobra. Ao ser examinado, este apresentava máculas eritêmato-cianóticas, nos três primeiros pododáctilos do pé direito, com queixas de dor local e parestesias, com fluxos arteriais palpáveis. Os diplopodas são artrópodos cilíndricos segmentados que assumem posição enrodilhada - quando ameaçados - liberam quinonas e outros agentes irritativos e pigmentantes. A coloração de aspecto cianótico lembra sofrimento tissular isquêmico, o que pode confundir profissionais em atendimentos de Emergência, quando a história não apresenta clareza e coerência.
A 24 year-old patient reported having stepped on a millipede. When examined the patient presented cyanotic and erythematous macules on the first three toes of his right foot, and also complained of local pain and paresthesia, with palpable arterial flows. Millipedes are cylindrical segmented arthropods that when threatened form into curls and release quinones and other irritant and pigmentary substances. The cyanotic color reminds ischaemic tissular distress fact that may confuse professionals in Emergency Rooms when the clinical report is unclear.

Descrição

Palavras-chave

Animais venenosos, Artrópodes, Brasil, Dermatologia, Arthropods; Brazil, Dermatology, Poisonous animals

Como citar

Anais Brasileiros de Dermatologia. Sociedade Brasileira de Dermatologia, v. 85, n. 3, p. 391-392, 2010.