Crítica da modernidade e marxismo weberiano: aspectos da trajetória indisciplinada de Michael Löwy

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Em sua vasta trajetória intelectual – que atravessa os múltiplos campos teóricos das ciências humanas – Michael Löwy destacou-se pela capacidade de estabelecer um diálogo profícuo entre tradições diversas do pensamento social. Partindo desta constatação, o objetivo deste artigo é a apresentação e sistematização de alguns aspectos decisivos da trajetória teórica e intelectual de Michael Löwy, com ênfase especial: 1) na importância da sua formação intelectual, ainda no Brasil (no final da década de 1950), para a constituição de uma leitura não-dogmática do marxismo; e 2) sua incorporação da dialética no diagnóstico weberiano da modernidade. O artigo argumenta que essa interpretação “aberta” do marxismo permitiu-lhe reinterpretar autores do passado — como Marx e Weber — a partir das condições de possibilidade do cenário histórico e intelectual contemporâneo. Esta disposição para enfrentar os desafios do presente sem abandonar as perspectivas do passado comprova a importância da obra de Löwy para as ciências sociais e, mais especificamente, para o marxismo contemporâneo.
In his intellectual life – which includes several areas of the Humanities – Michael Löwy distinguished himself for the capacity of establishing a rich dialogue between different traditions in the social thought. Starting from this assessment, the article presents and organizes some decisive aspects of the theoretical and intellectual trajectory of Michael Löwy, emphasizing especially: 1) the importance of his intellectual education in Brazil during the 1950s for the development of a non-dogmatic interpretation of Marxism; and 2) his incorporation of dialectics in the Weberian diagnostic of modernity. The article argues that this “open” interpretation of Marxism allowed him to re-interpret authors from the past – such as Marx and Weber –, from the perspective of the historical and intellectual possibilities of the contemporary scenario. This disposition to face the challenges of the present, without abandoning the perspectives of the past, attest the importance of Löwy’s work for the social sciences and, more specifically, for the contemporary Marxism.

Descrição

Palavras-chave

Michael Löwy, Crítica da modernidade, Crítica do progresso, “Marxismo weberiano”, Critique of modernity, Critique of progress, “Weberian Marxism”

Como citar

Perspectivas: Revista de Ciências Sociais, v. 38, 2010.