Associações entre estado de hidratação, inflamtório e marcadores nutricionais em pacientes em diálise peritoneal crônica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-02-25

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A terapia dialítica proporciona controle dos distúrbios metabólicos e remoção de toxinas urêmicas repercutindo positivamente no estado nutricional, por outro lado, o procedimento dialítico per se estimula produção de mediadores inflamatórios, induzindo catabolismo; associado a isso é freqüente o achado de sobrecarga líquida na população em diálise, fator que parece influenciar o estado inflamatório e nutricional. Na diálise peritoneal crônica a gênese e o balanço entre associações do estado de hidratação, inflamatório e nutricional não é completamente entendida. Caracterizar a amostra de pacientes em diálise peritoneal e verificar a influência do estado de hidratação e inflamatório, separadamente, sobre marcadores clínicos, nutricionais e inflamatórios. Estudo transversal que avaliou 27 pacientes em diálise peritoneal crônica quanto a parâmetros clínicos, dialíticos, laboratoriais, antropométricos e de bioimpedância elétrica (unifreqüêncial). A amostra foi estratificada quanto ao estado de hidratação pela relação entre água extracelular - AEC e água corporal total - ACT (0,47 para homens e 0,52 para mulheres); e quanto ao estado inflamatório, pela Proteína C reativa - PCR (1 mg/dl). Modelo de regressão linear múltipla foi aplicado na amostra não estratificada, para avaliar a influência de parâmetros sobre hidratação e inflamação; comparações foram realizadas por análise de covariância, Mann-Whitney, teste t de Student, Qui-quadrado ou teste exato de Fisher, considerou-se significância estatística quando p<0,05. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Nesta casuística, sobrecarga líquida esteve presente em 100% dos pacientes, com valores de AEC/ACT de 0,51±0,05. Quanto à influência dos parâmetros no estado de hidratação, observou-se que pacientes em diálise automatizada e com maior função renal residual apresentaram menor sobrecarga líquida.
Dialytic therapy provides metabolic imbalances management and uremic toxins removal, positively reflecting on nutritional state. Otherwise, the dialytic procedure itself stimulates the production of inflammatory mediators, leading to catabolism; allied to this inflammatory state, dialytic patients frequently presents fluid overload, a factor that seems to influence both nutritional and inflammatory status. In chronic peritoneal dialysis, the genesis and the balance of hydration, nutritional and inflammatory state remains unclear. To describe chronic peritoneal dialysis patients characteristics and to verify the influence of inflammatory and nutritional state, separately, on clinical, nutritional and inflammatory markers. Crosssectional study that evaluated 27 chronic peritoneal dialysis patients according to clinical, dialytic, laboratorial, anthropometric parameters and bioelectrical impedance analysis -BIA (single-frequency BIA). The population sample was stratified according to: hydration state, by the relation between extracellular water - ECW and total body water – TBW (0.47 for men and 0.52 for women); and according to inflammatory state, by Creactive protein – CRP (1mg/dl). Multiple regression analyses was applied on the not stratified sample to evaluate the parameters influence on hydration and inflammation; comparisons were made by covariance analyses, Mann-Whitney, t test, Chi-square or Fisher exact test; values were considered significant when p<0.05. In this casuistic study, fluid overload were observed on 100 percent of the patients, with ECW/TBW values of 0.51±0.05. About the influence of the parameters on hydration state, we observed that patients under automatic peritoneal dialysis and greater residual renal function presented lower fluid overload. According to ECW/TBW, patients with higher fluid overload, compared to those with minor overload, presented lower phase... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Insuficiencia renal cronica - Aspectos nutricionais, Diálise periotoneal, Chronic peritoneal dialysis

Como citar

ANTUNES, Aline de Araujo. Associações entre estado de hidratação, inflamtório e marcadores nutricionais em pacientes em diálise peritoneal crônica. 2008. 103 f. +. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2008.