Avaliação psicométrica da escala de atitudes em relação à estatística

Resumo

RESUMO: O objetivo do estudo foi estimar a validade e confiabilidade da Escala de atitudes em relação à Estatística (EAE) quando aplicada a estudantes de Ciências Farmacêuticas. A amostra de 253 estudantes foi subdividida em duas partes. Sessenta por cento da amostra foi utilizada para explorar a estrutura fatorial e 40% para confirmá-la. Para verificar a reprodutibilidade da escala a mesma foi aplicada em duplicata a 40 estudantes. Aplicou-se o Teste de esfericidade de Bartlett e o índice Kaiser-Meyer-Olkin (KMO). A extração dos fatores foi realizada pela Análise de Componentes Principais. Realizou-se rotação ortogonal Varimax. Calculou-se o Coeficiente alfa de Cronbach (α) e o Coeficiente de Correlação Intraclasse (ρ). Realizou-se análise fatorial confirmatória. Elaborou-se um modelo hierárquico de segunda ordem (MHSO). O teste de esfericidade de Bartlett e o índice KMO foram excelentes (χ 2 =1835,815, p<0,001; KMO=0,935). Verificou-se dois fatores com valores próprios acima de 1 (λ=9,748; λ=2,086) explicando 59,2% da variância total. A questão 2 foi removida. Observou-se excelente consistência interna e reprodutibilidade. O modelo fatorial apresentou índices de qualidade de ajustamento bons (λ=0,59-0,86, χ 2 /gl=1,691, CFI=0,919, GFI=0,804, RMSEA=0,079). A validade discriminante dos fatores foi adequada. A EAE apresentou estrutura bifatorial na amostra com níveis de validade e confiabilidade adequados.
ABSTRACT: The aim of this study was to estimate the validity and reliability of the of Attitudes Towards Statistics Scale (EAE) when applied to Pharmaceutical Sciences’ students. A total 253 students participated. Sixty percent was used to explore the factor structure of the EAE and the 40% to confirm it. To verify the reproducibility of the scale it was applied to 40 students. Bartlett’s sphericity test and Kaiser-Meyer-Olkin index (KMO) were applied. The factor extraction was performed through a Principal Component Analysis. A varimax ortogonal rotation was performed. The Cronbach’s alpha coefficient (α) and the Intraclass Correlation Coefficient (ρ) were calculated. A confirmatory factor analysis was performed. We developed a hierarchical second-order model. Bartlett’s sphericity test and the KMO index were excellent (χ 2=1835,815, p<0,001; KMO=0,935). We observed that two factors had eigenvalues greater than 1 (λ=9,748; λ=2,086) explaining 59.2% of the total variance. Item 2 was removed. We observed excellent internal consistency and reproducibility of the EAE. The factorial model presented a good goodness-of-fit (λ=0,59-0,86, χ 2 /df=1,691, CFI=0,919, GFI=0,804, RMSEA: 0,079). The factors’ discriminant validity was adequate. The Attitudes Towards Statistics Scale presented a two-factor structure in the sample of Pharmaceutical Sciences’ college students with appropriate levels of validity and reliability.

Descrição

Palavras-chave

Reliability, Validity, Statistic, Scales, Confiabilidade, Validade, Estatística, Escalas

Como citar

Revista Brasileira de Biometria, v. 31, n. 2, p. 327-337, 2013.