Efeito da nicotina na modulação da expressão de beta-defensina 1 pelas células epiteliais: estudo in vitro Araraquara

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-03-31

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Componentes da resposta imune inata, como as beta-defensinas (hBDs), exercem um papel-chave na susceptibilidade ou resistência a doenças da cavidade oral. Além da ação antimicrobiana direta, podem também participar na modulação do sistema imune. Sabe-se que fatores de risco, como o cigarro, podem alterar a síntese de hBDs. Desse modo, o objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da nicotina em associação ou não com bactérias periodontopatogênicas sobre a expressão de hBD1, por queratinócitos humanos. Para isso, células HaCaTs foram cultivadas em placas de 12 poços em Dulbecco’s minimum essential medium (DMEM) a uma densidade de 1x105 células por poço. Os seguintes tratamentos foram aplicados: 1) nenhum estímulo (controle negativo), 2) Porphyromonas gingivalis (Pg), 3) Aggregatibacter actinomycetemcomitans (Aa), 4) nicotina (10 μg/mL), 5) Pg + nicotina, 6) Aa + nicotina. Após 24 h, as células foram coletadas para quantificação da hBD1. O RNA total foi extraído e a técnica de RT-qPCR foi utilizada para a detecção da expressão gênica de hBD 1 por queratinócitos. Os resultados mostraram que o tratamento das células com nicotina reduz significativamente a expressão gênica de hBD 1 por queratinócitos, sendo essa redução mais acentuada na presença de Aa. A associação da nicotina com Pg também resultou em redução significativa da expressão de hBD 1. Assim, concluímos que a nicotina pode modular a expressão de hBD 1 em queratinócitos, especialmente quando associada a periodontopatógenos.
Components of the innate immune response, such as beta-defensins (hBDs), play a key role in susceptibility or resistance to diseases of the oral cavity. In addition to direct antimicrobial action, they may also participate in modulating the immune system. It is known that risk factors, such as smoking, can alter the synthesis of hBDs. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of nicotine in association or not with periodontopathogenic bacteria on the expression of hBD1 by human keratinocytes. To this end, HaCaTs cells were cultured in 12-well plates in Dulbecco's minimum essential medium (DMEM) at a density of 1x105 cells per well. The following treatments were applied: 1) no stimulation (negative control), 2) Porphyromonas gingivalis (Pg), 3) Aggregatibacter actinomycetemcomitans (Aa), 4) nicotine (10 μg/mL), 5) Pg + nicotine, 6) Aa + nicotine. After 24 h, cells were collected for hBD1 quantification. Total RNA was extracted and RT-qPCR technique was used for the detection of hBD 1 gene expression by keratinocytes. The results showed that treatment of cells with nicotine significantly reduces hBD 1 gene expression by keratinocytes, and this reduction was more pronounced in the presence of Aa. The association of nicotine with Pg also resulted in a significant reduction in hBD 1 expression. Thus, we conclude that nicotine can modulate hBD 1 expression in keratinocytes, especially when associated with periodontopathogens.

Descrição

Palavras-chave

Peptídeos, Periodonto, Tabaco, Peptides, Periodontium, Tobacco

Como citar