Clinical evaluation of enalapril maleate and furosemide usage in dogs with degenerative myxomatous mitral valve, CHF functional class Ib

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-09-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA

Resumo

A doença degenerativa mixomatosa da válvula mitral (DDMVM) é uma cardiopatia de alta incidência na clínica médica de pequenos animais, acometendo mormente cães idosos e raças de pequeno porte. Desta forma, foi realizada uma investigação científica objetivando avaliar clinicamente a utilização dos fármacos maleato de enalapril e furosemida em cães com a referida enfermidade na classe funcional Ib da ICC, antes e após a terapêutica implantada. Para isso, utilizaram-se 16 cães portadores da valvulopatia supracitada, distribuídos em dois grupos; com o primeiro recebendo furosemida (n=8) e o segundo maleato de enalapril (n=8), durante 56 dias. Os cães foram avaliados em quatro momentos (T0, T14, T28 e T56 dias) quanto aos sinais clínicos e parâmetros hematológicos e bioquímico-séricos, que incluíram concentrações séricas da enzima conversora da angiotensina (ECA) e aldosterona, como também avaliações radiográficas, eletrocardiográficas, ecodopplercardiográficas e da pressão arterial. Os resultados quanto aos parâmetros clínicos, avaliações hematológicas e bioquímicas séricas não revelaram alterações significativas em ambos os grupos, mas reduções significativas nos valores de ECA e aldosterona no grupo que recebeu o maleato de enalapril foram identificadas. Ao exame radiográfico observou-se reduções nos valores de VHS e na variável onda Pms do eletrocardiograma em ambos os grupos, mas sem alterações nos valores da pressão arterial. Por sua vez, o ecodopplercardiograma evidenciou diminuição significativa das variáveis DIVEd/s nos grupos estudados e na FEC% nos cães que receberam somente enalapril. Portanto, a análise dos resultados encontrados indicou que a monoterapia fundamentada no maleato de enalapril apresentou melhor eficiência no controle do quadro clínico em pacientes da classe funcional Ib da ICC.
Degenerative myxomatous mitral valve (DMMV) is a heart disease of high incidence in small animal clinical medicine, affecting mainly older dogs and small breeds. Thus, a scientific investigation was performed in order to evaluate the clinical use of the medicines furosemide and enalapril maleate in dogs with this disease in CHF functional class Ib before and after the treatment was established. For this purpose 16 dogs with the given valve disease were used, separated into two groups: the first received furosemide (n=8) and the second received enalapril maleate (n=8) throughout 56 days. The dogs were evaluated in four stages (T0, T14, T28 and T56 day) in relation to clinical signs, hematological, biochemical and serum assessment, which included serum angiotensin converting enzyme (ACE) and aldosterone, as well as radiography, electrocardiography, Doppler-echocardiography and blood pressure. The results regarding the clinical, hematological and serum chemistry evaluations revealed no significant changes in both groups, but significant reductions in the values of ACE and aldosterone in the group receiving enalapril maleate were verified. The radiographic examination revealed reductions of VHS values and variable Pms wave of the electrocardiogram in both groups, but no changes in blood pressure values were identified. The echocardiogram showed a significant decrease of the variables LVDd/s in the studied groups and the FS% in animals that received only enalapril. Therefore, analysis of results showed that monotherapy based on enalapril maleate showed better efficiency of symptoms control in patients with CHF functional class Ib.

Descrição

Palavras-chave

Myxomatous degeneration, Mitral valve, Dog, Cardiology, Degeneração mixomatosa, Válvula mitral, caninos, Cardiologia

Como citar

Pesquisa Veterinária Brasileira. Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA, v. 31, n. 9, p. 791-797, 2011.