Desempenho produtivo e reprodutivo de ovinos lanados

Imagem de Miniatura

Data

2008-07-18

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A demanda por produtos de origem animal, tem aumentado, paralelamente a este crescimento, observam-se esforços para promover melhorias na produtividade de carne dos rebanhos ovinos. Com o objetivo de estudar o desempenho produtivo e reprodutivo de cruzas de ovinos lanados, foram utilizados os dados da escrituração zootécnica do rebanho, pertencente ao Setor de Ovinocultura do Departamento de Zootecnia da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV/Unesp), Jaboticabal, SP. Os dados da escrituração foram oriundos de 312 ovelhas, sendo 129 da raça Ideal, 44 1/2 Ile de France 1/2 Ideal, 98 3/4 Ile de France 1/4 Ideal e 41 7/8 Ile de France 1/8 Ideal, submetidas ao cruzamento absorvente para a raça Ile de France. As ovelhas foram mantidas em sistema de criação semi-extensivo, levadas ao pasto pela manhã e recolhidas ao aprisco no final da tarde. A estação de monta aconteceu nos meses de novembro a janeiro. Após o nascimento, as crias eram pesadas e marcadas com número de identificação e as informações registradas em fichas individuais, que posteriormente foram transcritas para planilhas do Microsoft ExcelÒ. As análises das características produtivas: peso ao nascer (PN), peso ao desmame (PD), peso aos 180 dias (P180), ganho médio diário (GMD) e tempo para o animal atingir 32 kg de peso corporal (D32), foram realizadas no SAS, (1996) baseadas no método dos quadrados mínimos, utlizando o procedimento GLM e o teste Tukey para comparação das médias. Para as curvas de crescimento foi utilizado o modelo não-linear Von Bertalanffy, sendo o ajuste realizado pelo procedimento NLIN, utilizandose o método de DUD. Para as características reprodutivas foram utilizados o procedimento GLM e o teste Tukey, basedo no método dos quadrados mínimos para idade ao primeiro parto (IPP) e o teste de qui-quadrado para fertilidade, taxa de desmame, e prolificidade...
The demand for products originated from animals, mainly meat, has been increasing and it is clear that efforts are being made to improve the productivity in ovine cattle. Aiming to study productive and reproductive performance of crossbred sheep, data from the sheep recording of the ovine cattle from Paulista State University, FCAV/Unesp, Jaboticabal, SP, Brazil were used. The record data came from 312 sheep (129 of Polwarth breed, 44 1/2 Ile de France 1/2 Polwarth, 98 3/4 Ile de France 1/4 Polwarth e 41 7/8 Ile de France 1/8 Polwarth) submitted to absorber crossbreeding for Ile de France. The sheep were kept in semi-extensive raising system; they were taken to the field in the morning and returned to the shelter late in the afternoon. The breeding season happened from November until January. After birth, the sheep were weighted and marked with the identification number and the information registered in individual forms that were later transcripted to Microsoft ExcelÒ. Productive characteristic analysis: body weight at birth (BWB), body weight at weaning (BWW), body weight with 180 days (BW180), daily weight gain average (DWGA) and necessary period for animals to get 32 kg of body weight (BW32) were carried out at SAS statistical analysis (1996), based on the Chi-square method, using the GLM procedure and the Tukey test for average comparisons. The non linear model of Van Bertalanffy was used to analyse growth pattern and the adjustment was accomplished by the NLIN procedure using the DUD method. It was used the GLM procedure for the reproductive characteristics, the Tukey test to analyse age at the first birth (AFB) and the Chi-square test to analyse fertility, weaning rate and prolificacy. None significant alterations were observed for the following productive characteristics, BWB, BWW, and BW32 (p>0.05), with composition genetic averages... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Daily weight gain average, Fertility, Growth patterns, Sheep, Ovino, Fecundidade, Curva de crescimento, Ganho médio diário

Como citar

PEREZ, Henrique Leal. Desempenho produtivo e reprodutivo de ovinos lanados. 2008. xii, 65 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2008.