Seletividade de imazapic às soqueiras de cana-de-açúcar (Saccharum spp.)

Imagem de Miniatura

Data

2001-12-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas

Resumo

Esta pesquisa objetivou a avaliar a seletividade de imazapic às soqueiras de cana-de-açúcar, cultivar RB 835089, comparado a imazapyr e tebuthiuron. O estudo foi conduzido no município de Araras-SP, durante o período de 1999/2000, em solo de classe textural franco-argilo-arenosa, devidamente corrigido e adubado. A instalação do experimento foi em blocos, com sete tratamentos casualizados e cinco repetições, a saber: imazapic (73,5; 98,0; e 122,5 g ha-1), imazapyr (125,0 g ha-1) e tebuthiuron (1.100,0 g ha-1). Os herbicidas foram aplicados em pós-emergência inicial da cultura, além das testemunhas com e sem capinas. Foi possível concluir que todos os produtos testados causaram leves sintomas de intoxicação inicial nas plantas de cana-de-açúcar, com total recuperação aos 100 dias após os tratamentos, sem prejuízo da produtividade e qualidade da matéria-prima.
This research aimed to evaluate imazapic selectivity to sugarcane ratoons, compared to imazapyr and tebuthiuron, applied in early post emergence at Araras-São Paulo 1999/2000. The study was conducted in a soil with 21% clay and 71% sand, properly corrected and fertilized. The experimental design was a randomized complete block with five replications of seven treatments: imazapic (73.5, 98.0 and 122.5 g ha-1), imazapyr (125.0 g ha-1) and tebuthiuron ( 1100.0 g ha-1) and controls with and without weeds. All the herbicides caused initial toxicity to the sugarcane ratoons, until 100 days after treatments, without damage to productivity and raw material quality.

Descrição

Palavras-chave

tolerance, Herbicides, Tolerância, Herbicidas

Como citar

Planta Daninha. Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas , v. 19, n. 3, p. 345-350, 2001.