Saberes pedagógicos na formação de professores em São Paulo (1890 – 1920)

Imagem de Miniatura

Data

2019-03-26

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A presente dissertação tem como propósito apresentar resultados de pesquisa que teve como objetivo analisar as formas pelas quais os saberes pedagógicos se constituíram nas Escolas Normais paulistas. Tais saberes eram ensinados por meio das matérias pedagógicas do currículo escolar, da observação de práticas docentes em escolas primárias e por meio de livros e periódicos presentes na biblioteca escolar. Ao conjunto de saberes e práticas que apresentava elementos de como ensinar, ao futuro professor, compreendemos aqui como formação pedagógica, desde a organização da escola e da sala de aula até a aplicação de métodos de ensino. O ponto de partida da pesquisa foi a Reforma Caetano de Campos (1890) que determinou as cadeiras e matérias da Escola Normal da Capital, com a Escola Modelo como local de aplicação do método intuitivo. Dentro do recorte temporal, tivemos como locus de formação de professores no estado, além da Escola Normal da Capital, as Escolas Complementares (1893-1910) e as Escolas Normais Primárias e Secundárias (1911-1920). Em 1920, fechando o recorte com a Reforma Sampaio Doria, ocorreu a unificação das Escolas Normais, num único modelo. Como aporte teórico tomamos o conceito de cultura pedagógica que, segundo Marta Carvalho (2000) “são estilos distintos de organização do campo dos saberes representados como necessários à prática docente”. Outra referência importante é o de modelo escolar paulista (CARVALHO, 2011), segundo o qual a autora denomina como “modelo produzido por uma pedagogia, uma política e uma estratégia de formação docente articuladas com o primado da visibilidade.” Na análise empreendida é possível observar que se por um lado há pouca presença de matérias pedagógicas, por outro lado a observação do trabalho docente e a implantação da biblioteca escolar nas Escolas Normais e Complementares possibilitava o aprofundamento da formação. Desta maneira, as matérias do currículo, a Prática Pedagógica e os impressos presentes na biblioteca escolar são fatores importantes que compõem este conjunto de elementos que constituía a formação de professores. Foi possível constatar a importância de tais elementos para a formação pedagógica dos professores e notar que os três juntos compõem um quadro de formação dos futuros professores. Foi possível evidenciar a buscar por um saber prático nesse momento, em que ensinar estava relacionado a cópia de “bons modelos” e para a realização desse feito, os republicanos utilizaram além dos currículos, apoiando-se também nas bibliotecas, utilizando-as como espaço de aulas e dos periódicos como veículos de circulação dos saberes ensinados em tais instituições.
The present dissertation aims to present research results that aimed to analyze the ways in which pedagogical knowledge was constituted in the Normal Schools of São Paulo. Such knowledge was taught through the teaching materials of the school curriculum, observation of teaching practices in primary schools and through books and periodicals present in the school library. To the set of knowledge and practices that presented elements of how to teach, to the future teacher, we understand here as a pedagogical formation, from the organization of the school and the classroom to the application of teaching methods. The starting point of the research whose results are presented is the Caetano de Campos Reform (1890) that determined the chairs and subjects of the Normal School of the Capital, with the Model School as the place of application of the intuitive method. Parallel to the Normal School, within the temporal cut, we will have in the state of São Paulo the Complementary Schools (1893-1910) and the Normal Primary and Secondary Schools (1911-1920). In 1920, with the Reforma Sampaio Doria, the unification of the Normal Schools took place, in a single model. As a theoretical contribution we take the concept of pedagogical culture that, according to Marta Carvalho (2000), "are distinct styles of organization of the field of knowledge represented as necessary to the teaching practice". Another important reference is the São Paulo school model (CARVALHO, 2011), according to which the author calls "a model produced by a pedagogy, a policy and a strategy of teacher formation articulated with the primacy of visibility." In the analysis undertaken it is possible to observe that if, on the one hand, there is little presence of pedagogical material, on the other observation of the teaching work and the implementation of the school library in the Normal and Complementary Schools would allow the deepening of the training. In this way, to analyze the subjects of the curriculum, and its transformations, the Pedagogical Practice and also the printed ones present in the school library are important factors that compose this set of elements that constituted the formation of teachers. Thus, it was possible to verify the importance of such elements for the pedagogical training of teachers and to note that the three joules constitute a framework for the training of future teachers. It was possible to evidence to search for a practical knowledge at that moment, in which to teach was related to copy of "good models" and to the accomplishment of that accomplishment, Republicans used besides the curricula, supporting also in the libraries, using them like space of classrooms and printed matter (magazines) as vehicles for the circulation of the knowledge taught in such institution.

Descrição

Palavras-chave

Escola Normal, Cultura pedagógica, Formação de professores, Normal School, Pedagogical culture, Teacher training

Como citar