Geoestratégia das Ilhas Falklands: conflito entre Argentina e Reino Unido

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The research has the objective to analyze the conflict about control of the Falklands islands between Argentina and United Kingdom using geographic and geopolitical perspective relating to natural resources. The impact of this conflict in the North/South is very important, an example is the union between the U.S. with the UK during the war in 1982, making this teritorial dispute about territorial dispute over particular issues of the alliance and hegemony in South America. The economic crisis of 2008 produced a particular context for the global economy and therefore the exploration of oil became more important, not only as a basis energy source, but also for a country's economic structure and development perspective, this is the central question of this research. In this sense, the project is structured around a historical analysis of the conflict and the possible consequences of oil exploitation in the region. These consequences can determine the economic relations of these countries, since the balance of payment between the UK and Argentina is important to the Anglo-Argentine geopolitical future
O trabalho objetiva a analisar a importância estratégica das Ilhas Falklands/Malvinas no litígio que se encontra entre a República Argentina e o Reino Unidopor sua posse, na perspectiva geográfica e em relação aos recursos naturais, em especial fator, o petróleo. A trajetória histórica pela qual passa a disputa por este território, desde períodos coloniais até as novas atitudes do governo Kirchner, revelam matizes de ações de imperialismo e que perpassam questões econômicas e estratégicas entre Inglaterra e Argentina. Considerando o conflito de 1982 como ápice desta disputa, mesmo sendo uma estratégia política desesperada e sem motivo geoestratégico que não fosse a manutenção da ditadura Argentina, a disputa manteve-se em meios diplomáticos, ganhando novas nuances com a descoberta de reservas de petróelo e sua possível exploração. O impacto deste conflito na relação Norte/Sul é de importância significativa, o alinhamento dos EUA com o Reino Unido durante o conflito de 1982 demonstra isso, tornando também essa disputa territorial mais particular para as questões de aliança e hegemonia na América do Sul. A crise de 2008 produz um contexto particular à economia global e desta forma a pressão de exploração petrolífera ganha maior importância, não apenas como base energética, mas também como elemento econômico em países que passam por crises estruturais de acumulação e perspectiva de desenvolvimento, podendo esse ser o fator estimulador a situação litigiosa, esta a questão central desta pesquisa. Neste sentido, o projeto se estrutura a partir de uma análise histórica do colonial ao período atual e desdobrando as potencialidade de exploração petrolífera na região pode determinar nas relações econômicas destes países, desde a composição de seus balanços de pagamentos aos novos cenários geopolíticos

Descrição

Palavras-chave

Geografia politica, Conflitos de terra, Geoestrategia, Petroleo - Prospecção, Malvinas, Guerra das - 1982, Argentina, Grã-Bretanha

Como citar

CAMARGO, Felipe Rodrigues de. Geoestratégia das Ilhas Falklands: conflito entre Argentina e Reino Unido. 2015. 93 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2015.