Influência da fonte e do dreno de fotoassimilados no metabolismo glicídico de plantas de milho

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2002-02-22

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Avaliou-se os efeitos de diferentes proporções de folhas e grãos sobre o metabolismo glicídico de milho. As principais características produtivas, o acúmulo de matéria seca, os teores de açúcares redutores, sacarose e amido nas folhas, colmos e endospermas bem como as atividades de: invertase nas folhas e colmos; invertase e sacarose sintetase nos endospermas, foram determinados. O experimento foi conduzido na FCAV/Unesp-Jaboticabal, em delineamento de blocos casualizados com quatro repetições, com o híbrido Agromen 3050. Os tratamentos foram: 1) testemunha (100 % de folhas e grãos); 2) retirada de 100% das folhas, mantendo-se 100% de grãos; 3) retirada de 33% das folhas, mantendo-se 100% de grãos; 4) retirada de 66% das folhas, mantendo-se 100% de grãos; 5) sem polinização da espiga mantendo-se as folhas; 6) polinização de 25% da espiga mantendo-se as folhas; 7) polinização de 50% da espiga mantendo-se as folhas. O menor número de estigmas polinizados resultou em maior acúmulo de matéria seca no caule e folhas, acúmulo de sacarose nos colmos, acúmulo de açúcares redutores, sacarose e amido nas folhas. O desfolhamento e a polinização parciais não afetaram a concentração de açúcares redutores e sacarose nos endospermas, e açúcares redutores nos colmos. A desfolha parcial acarretou menor matéria seca na espiga, principalmente pelo menor número de grãos; menor concentração de amido nos endospermas, colmos e folhas; menor concentração de sacarose nos colmos. Plantas sem grãos tiveram acúmulo de amido nos colmos. A atividade enzimática no endosperma e nas folhas não foi afetada pelos tratamentos.
The development and dry matter accumulation in stem, leaves and ear, the concentrations of reducing sugars, sucrose and starch in leaves, stems and endosperms besides the activities of: invertase in leaves and stems; invertase and sucrose synthase in endosperms of corn plants submitted to defoliation and partial pollination were evaluated. A completely randomized block design with four replications was used. The treatments were constituted by the control (100% of leaves and grains), three variations of the source size (0%, 33% and 66% of leaves) with 100% of grains, and three variations in the sink size (0%, 25% and 50% of grains) keeping 100% of leaves. Leaf number reduction resulted in smaller ear dry matter, due to smaller grain number, but the 100 kernels weight was not altered. Grain number reduction increased stem and leaf dry matter, but increase in the remaining weight was not significant. There was no ear and grain development when plants were completely defoliated. Defoliation and partial pollination did not affect the concentration of reducing sugars and sucrose in the endosperms, and reducing sugars in the stems. Partial defoliation did not result in smaller starch concentration in the endosperm and stalks; but induced lower sucrose levels. The reduction of grain number caused sucrose accumulation in the stems. Plants without grains had starch accumulation in leaves. Leaf soluble invertase activity was much higher than that from the particulate form. Leaf and endosperm enzyme activities were not altered by treatments.

Descrição

Palavras-chave

Milho, Carboidratos, Invertase, Sacarose

Como citar

MATTER, Uilson Fernando. Influência da fonte e do dreno de fotoassimilados no metabolismo glicídico de plantas de milho. 2002. viii, 47 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2002.