As potencialidades de atividades pedagógicas envolvendo problemas criptográficos na exploração das ideias associadas à função afim

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-06-06

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta pesquisa tem por objetivo compreender em que atividades envolvendo problemas de Criptografia podem auxiliar os alunos na exploração das ideias associadas à função afim. As atividades propostas aos estudantes foram estruturadas na forma de enigmas envolvendo contos baseados no personagem Sherlock Holmes, de Sir Arthur Conan Doyle. As atividades foram desenvolvidas com um grupo de alunos do primeiro ano do Ensino Médio da escola pública E. E. Prof. Mycroft, localizada na cidade de Rio Claro/SP. Este trabalho está fundamentado na Metodologia de Pesquisa Intervenção com enfoque Qualitativo. A metodologia de análise dos dados se aproxima de estudos sócio-culturais conjuntamente com estudos cognitivos permeados por meio da resolução de problemas e investigações matemáticas. Como aporte teórico, a dissertação apresenta uma discussão e reflexão acerca do envolvimento da matemática em relação aos campos de poderes (social, politico, econômico, territorial, entre outros) sempre elencando esse entrelaçamento com a constante evolução da criptografia e sua busca constante de cifras seguras e poderosas. Os dados da pesquisa foram produzidos a partir de observações e anotações em um diário de campo, realizadas pela pesquisadora, filmagens e gravações de áudio dos encontros, entrevistas semiestruturadas e fichas de perguntas das atividades. Como conclusões, observou-se que os alunos desenvolveram atitudes autônomas durante seus processos de aprendizagem, fomentando posturas investigativas. Tais atitudes contribuíram na criação e experimentação de diferentes estratégias de resolução o que refletiu nas explorações e investigações realizadas por eles a respeito das ideias associadas ao conceito de função afim.
This research aims to understand how activities involving encryption problems can assist students to explore the ideias associated with affine functions. The activities proposed to the students were structured in the form of enigmas involving tales based on the character Sherlock Holmes, by Sir Arthur Conan Doyle. The activities were developed with a group of students in the first year of high school of the public school E. E. Prof. Mycroft, located in Rio Claro/SP. This work is based on Intervention Research Methodology with Qualitative approach. .Data analysis methodology approaches socio-cultural studies in conjunction with cognitive studies influenced by problem solving and mathematical investigations. As a theoretical framework, the dissertation presents a discussion and reflection about the involvement of mathematics in relation to the powers of fields (social, political, economic, territorial, etc.) always listing this entanglement with the constant evolution of cryptography and its constant search of safe and powerful figures. The research data were produced through observation and by notes in a field diary, carried out by the researcher, in addition to semi-structures interviews and questions cards activities. In conclusion, it was observed that the students developed autonomous attitudes during their learning processes, encouraging investigative positions. Such attitudes have contributed in the creation and experimentation of different resolution strategies, which have reflected on the explorations and investigations that they did about the ideas associated with the concept of affine function.

Descrição

Palavras-chave

Educação matemática, Ensino médio, Criptografia, Cifras, Criptoanálise, Mathematics education, High school, Encryption, Cipher, Cryptanalysis

Como citar