Impacto do desafio por coccidiose e de níveis de proteína balanceada nas respostas de frangos de corte

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-03-09

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A coccidiose é responsável por promover lesões intestinais nos animais podendo alterar o aproveitamento de nutrientes, como a da proteína, e promover dispêndios nutricionais para reparação do tecido danificado e promoção das respostas imune para defesa do organismo, o que reduz o desempenho das aves. Determinar como os nutrientes são utilizados por frangos de corte em desafio sanitário auxilia na tomada de decisões dos formuladores quanto a dieta de frangos desafiados. Assim, teve-se como objetivo na presente tese [1] determinar o impacto do desafio sanitário promovido por Eimeria maxima sobre a mantença e eficiência de utilização de proteína balanceada, além de, [2] determinar as modificações nas respostas de saúde intestinal, digestibilidade ileal aparente dos aminoácidos e proteína bruta. E por último [3] determinar os efeitos da coccidiose no desempenho de frangos de corte determinando os fatores influentes ao mesmo. Com intuito de responder os dois primeiros objetivos, um experimento foi realizado com 2400 frangos de corte machos da linhagem Cobb500, de 14 a 28 dias de idade, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, alimentados com cinco níveis de proteína balanceada e aves desafiadas ou não por Eimeria maxima. Variáveis de desempenho, deposição de tecidos, saúde intestinal e digestibilidade ileal aparente foram mensuradas para obtenção da resposta. Os fatores principais e suas interações foram analisadas pelo teste de análise de variância seguidas pelo teste de comparação de média de Tukey a 5% de probabilidade. Para responder o terceiro e último objetivo, uma meta-análise foi realizada avaliando os fatores que influenciam na reposta das aves desafiadas comparadas ao grupo não desafiado, determinando o impacto do desafio por coccidiose no desempenho avaliados pelo modelo linear misto a 5% de probabilidade. Foi observado que a mantença de proteína balanceada não foi alterada (P>0.05) quando as aves foram desafiadas por Eimeria maxima, contudo a eficiência da utilização de proteína foi reduzida significativamente. Em geral, o desafio reduziu (P<0.05) o desempenho das aves, a saúde intestinal, a digestibilidade ileal aparente de alguns aminoácidos. Níveis alto de proteína resultaram em efeito associativo com o desafio reduzindo o desempenho e a saúde intestinal. A partir da meta-análise foi possível identificar que os dias pós-infecção é o principal fator que atua na piora do desempenho das aves (P<0.05), e que a coccidiose em si, impacta mais o ganho de peso que o consumo de ração das mesmas, fatores que podem ser ligados há um menor aproveitamento de nutrientes. Conclui-se que a coccidiose impacta negativamente no desempenho e na eficiência de utilização de proteína balanceada em frangos de corte.
Coccidiosis is responsible for promoting intestinal lesions in animals, which can alter the use of nutrients, such as protein, and promote nutritional expenditure to repair damaged tissue and promote immune responses, which reduces the performance of birds. Determining how nutrients are used by broiler chickens in health challenges helps to make decisions regarding the diet of challenged chickens. Thus, the objective of this thesis [1] was to determine the impact of the health challenge promoted by Eimeria maxima on the maintenance and efficiency of utilization of balanced protein, in addition to [2] determining changes in intestinal health responses, amino acids, and crude protein ileal apparent digestibility. And finally [3] to determine the effects of coccidiosis on the performance of broiler chickens by determining the influence factors. To answer the first two objectives, an experiment was carried out with 2,400 male broilers, Cobb500, from 14 to 28 days old, distributed in a completely randomized design, fed with five levels of balanced protein, and birds challenged or not by Eimeria maxima. Performance variables, tissue deposition, gut health, and apparent ileal digestibility were measured to obtain the response. The main factors and their interactions were analyzed by the analysis variance test followed by the Tukey test at 5% probability. To answer the last objective, a meta-analysis was performed evaluating the factors that influence the response of the challenged birds compared to the unchallenged group, determining the impact of the coccidiosis challenge on the performance evaluated by the mixed linear model at a 5% probability. It was observed that the maintenance of balanced protein was not altered (P>0.05) when birds were challenged by Eimeria maxima, however, the efficiency of protein utilization was significantly reduced. In general, the challenge reduced (P<0.05) bird performance, gut health, and apparent ileal digestibility of some amino acids. High protein levels resulted in an associative effect with E. maxima challenge impairing performance and gut health. From the meta-analysis, it was possible to identify that the days post-infection was the main factor that acts in the performance of the birds (P<0.05), and coccidiosis impacts more the weight gain than the feed intake on birds, response that can be linked XV to reduced use of nutrients. It is concluded that coccidiosis harms the performance and efficiency of using balanced protein in broiler chickens.

Descrição

Palavras-chave

Nutrição Animal, Frango de corte, Produção animal

Como citar