Comportamento materno-filial em búfalos (Bubalus bubalis) nas primeiras horas após o parto

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-02-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Conhecer o comportamento dos bubalinos é importante para estabelecer práticas de manejo que favoreçam o bem-estar e bom desempenho produtivo. Com os objetivos de descrever o comportamento de búfalos nas primeiras horas após o parto e investigar as causas de falhas na primeira mamada, foram observadas 42 búfalas e seus bezerros, em três propriedades produtoras de leite. Os registros foram realizados nas primeiras horas após o parto, utilizando-se amostragem focal e coleta contínua em partos ocorridos de agosto de 2007 a novembro de 2008. As variáveis consideradas para búfalas foram: Tempo deitada (TD); Tempo de contato com a cria (TCC); Tempo de contato com a cria nos primeiros 30 min. (TCC30), Tempo em outras atividades (TOA) e Tempo sem atividade aparente (TSAA). Para os bezerros: Latências para ficar em pé (LP), para tentar mamar (LTM) e para mamar (LM). Bezerros filhos de búfalas com problemas no aparelho mamário tiveram dificuldade em obter o colostro. Nos partos com falha na mamada as mães passaram mais tempo deitadas, sem atividade aparente e cuidaram menos do bezerro (TCC30). A latência do bezerro para ficar em pé afetou TD da mãe. As búfalas primíparas dedicaram-se menos ao bezerro nos primeiros 30 min. que as de duas ou mais crias. A interferência de outras búfalas (INTERF30) diminuiu o tempo que a mãe cuidou da cria (TCC30) nos primeiros 30 min. As variáveis LTM e LM tiveram efeito de TCC30. Sugere-se o cuidado no manejo de búfalas primíparas e de úberes pendulosos e/ou tetos grossos e compridos. O ambiente necessita ser mais estudado a fim de que sejam diminuídas a interferências de outras búfalas no relacionamento búfala-bezerro.
Knowing the bubalines behavior is important to stablish management practics in impruve the welfare as well the productive performance. Aiming describe bufaloes behavior at the first hours after birth and investigate causes of first suckling missing, 42 female bufaloes in conjunction with its calves were observed in three dairy farms. Registers were done at the first hours after birth, using a focal and continuous sampling colecting in births happened from August 2007 to November 2008. The variables considered to the bufaloes were: Laytime (LT); Calves’ Time Contact (CTC); Calves’ Time Contact at the 30-first minutes (CTC30); Time in Other Activities (TOA) and Time in Apparent Leisure (TAL). To the calves: Stand up Latency (SL), to Try suckling (TSL) and to suckling (SL). Calves which mother had mamal aparel problems had difficulty in obtain the colostrum. In missedsuckling births mothers spent higher time laid, with apparent leisure and took care less of their calves (CTC30). The calf latency to stand up affected mother’s LT. The primipare buffaloes took less care to their calves in the firsts 30 minutes than the multiparous. The other buffaloes interference (INTERF30) minimize the CTC30. The TSL and SL had the CTC30’s effect. It is suggested the primipare buffaloes and pendant udders and/or thick and long teats require carefull manegement. The environment needs more studies in order to minimize the other buffaloes interference in the buffalo-calf relationship.

Descrição

Palavras-chave

Bufalo - Comportamento, Parto animal, Comportamento materno, Neonato, Primeira mamada, Maternal behavior, Neonate, Calving, First suckling

Como citar

ARAUJO, Daniele Neves. Comportamento materno-filial em búfalos (Bubalus bubalis) nas primeiras horas após o parto. 2009. xiv, 53 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2009.