Infusão contínua de lidocaína em diferentes taxas no controle de arritmias induzidas pela administração de adrenalina em cães anestesiados com isofluorano

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-02-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Avaliaram-se os efeitos da infusão de diferentes doses de lidocaína sobre o ritmo cardíaco, em cães anestesiados com isofluorano que receberam doses crescentes de adrenalina. Foram utilizados 10 cães, cada qual anestesiado quatro vezes, respeitando-se um intervalo de duas semanas. A indução anestésica foi realizada com propofol, 8mg/kg, e a manutenção com isofluorano a 1,5 CAM. Os animais foram distribuídos em quatro grupos, que receberam bolus de lidocaína, 1mg/kg, seguido pela infusão de lidocaína nas taxas de 50μg/kg/h (G50), 100μg/kg/h (G100) e 200μg/kg/h (G200). O grupo-controle (GC) recebeu bolus e infusão de NaCl a 0,9%. As variáveis foram mensuradas 30 minutos após a indução, e em seguida, iniciadas as infusões. Após 10 minutos do princípio dos tratamentos, colheram-se novamente os dados e iniciou-se a infusão de adrenalina, 1μg/kg/min. em intervalos de 10 minutos, realizou-se nova colheita de dados e acrescentou-se 1μg/kg/min na taxa de infusão de adrenalina, até atingir 5μg/kg/min. Comparativamente ao GC, ocorreu redução do aparecimento de batimentos de origem não sinusal e bloqueios atrioventriculares de segundo grau nos grupos tratados com lidocaína. Concluiu-se que a associação de lidocaína à anestesia com isofluorano diminuiu o aparecimento de irregularidades no ritmo cardíaco.

Resumo (inglês)

The effects of different lidocaine continuous rate infusion (CRI) on cardiac rhythm were studied in dogs anesthetized with isoflurane receiving increasing epinephrine doses. For this study, 10 dogs were used, each one anesthetized four times, within a two week interval. Anesthesia was induced with propofol, 8mg/kg, and maintained with isoflurane at 1.5 MAC. Animals were submitted to four different treatments. The three lidocaine groups consisted of a loading dose of lidocaine, 1mg/kg, followed by a lidocaine CRI at the rates of 50μg/kg/h (G50), 100μg/kg/h (G100) and 200μg/kg/h (G200). The control group (GC) received NaCl at 0.9% bolus and CRI. Variables were measured 30 minutes after induction (baseline) and then the CRI started. Ten minutes after baseline measurements, data was collected again and the infusion of 1μg/kg/min of epinephrine started. New data collection was done after ten minutes, and then the epinephrine dose was increased to 2μg/kg/min, until reaching 5μg/kg/min. Compared to GC, there was a reduction in ectopic beats and second degree atrioventricular block in groups treated with lidocaine. It was concluded that the isoflurane-lidocaine combination reduces the appearance of some arrhythmias.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia. Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária, v. 64, n. 1, p. 32-38, 2012.

Financiadores