Suplementação de vitamina B6 em dietas práticas e purificadas no desempenho produtivo e resposta hemática da Tilápia do Nilo submetida a estímulo térmico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-12-16

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A pesquisa teve por objetivo avaliar a suplementação de vitamina B6 em dietas práticas (Estudo – I) e purificadas (Estudo – II) sobre o desempenho produtivo e resposta hemática da tilápia do Nilo submetida a estímulo térmico. O período experimental foi de 91 dias, Estudo – I, e 84 dias, Estudo - II. No Estudo – I, 192 alevinos com peso médio inicial de 8,41 ± 0,22 g, foram distribuídos aleatoriamente em 32 tanques-rede de 200L (quatro tanques-rede/ aquário de 1000 L). No Estudo – II, 140 alevinos com peso médio inicial de 6,32 ± 0,16 g, foram distribuídos em 28 aquários de 50L. Foram avaliadas oito dietas, sendo quatro práticas e quatro purificadas com níveis crescentes de piridoxina (0,0; 5,0; 10,0 e 20,0 mg de piridoxal HCl /kg da dieta). Ao final do período experimental os peixes foram pesados e a ração quantificada para a avaliação do desempenho produtivo (ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar aparente, taxa de eficiência proteica, taxa de crescimento específico, taxa de retenção proteica e porcentagem de sobrevivência). Posteriormente, foram efetuadas as análises hematológicas dos peixes (contagem de eritrócitos, porcentagem de hematócrito, taxa de hemoglobina e confecção de lâminas de extensão sanguínea). Em seguida, 48 peixes foram transferidos para a sala de desafio, distribuídos em 24 aquários de 40 L (dois peixes/ aquário) e submetidos por três dias ao estímulo térmico (32ºC). Após este período, foram realizadas as mesmas análises hematológicas feitas anteriormente. Os peixes alimentados com dietas não suplementadas de piridoxina apresentaram menor ganho de peso e baixa retenção de proteína na carcaça. Sinais clínicos de deficiência de piridoxina como apatia, natação errática e hipersensibilidade foram observados em peixes alimentados com dieta purificada não suplementada, que, além de estarem...
The aim of this study was to evaluate the vitamin B6 supplementation in practical and purifiet diets on growth performance and hematological response of Nile tilapia subimitted to heat stress. The 91-day and 84-day trials were undertaken out, to evaluate the effect of vitamin B6 on hematological parameters and plasma protein plasma of Nile tilapia. 192 Nile tilapia fingerlings with approximately 8 g weight were randomly stocked into 32 200L-aquaria and fed practical diets, and 140 fingerlings with 6 g weight were randomly stocked into 28 50L-aquaria fed diets containingraded levels of vitamin B6 (0, 5, 10 and 20 mg pyridoxal HCl/kg diet). At the end of the experimental period, fish and diets were weighed to evaluate weight gain, feed intake, feed conversion ratio, survival, specific growth rate, protein efficiency ratio and protein retention. Afterward, fish were bled and sample collected to evaluate hematological parameters. After these analyses the fish were transferred to the challenge room and distribuited into 48 aquaria, remaining at temperature of 32ºC during three days. At the end, the same hematological analyses were performed. Fish fed the non-supplemented diet showed reduced weight gain and protein retention. Clinical signs of vitamin B6 deficiency observed of fish fed purified diet non-supplemented resting and abnormal swimming, behavior and hypersensibility, anemia and low survival were observed. Vitamin B6 requirement of Nile tilapia is 5.0 mg pyridoxal/kg diet.

Descrição

Palavras-chave

Tilapia (Peixe), Hematologia, Desempenho, Temperatura, Piridoxina, Growth performance, Hematology, Pyridoxine, Protein, Temperature

Como citar

TEIXEIRA, Caroline Pelegrina. Suplementação de vitamina B6 em dietas práticas e purificadas no desempenho produtivo e resposta hemática da Tilápia do Nilo submetida a estímulo térmico. 2009. v,45 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, 2009.