Acompanhamento da dinâmica do uso do solo em uma bacia hidrográfica no Município de Botucatu (SP) por meio de geotecnologia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The increasing expansion of agricultural activities, without considering the potential and limitations of soils is a potential source of environmental degradation. Thus, the present study assessed the variation of use and occupation in 49 years, between 1962 and 2011 scenarios of watershed of São Caetano - Botucatu (SP). geoprocessing techniques were used in this study. In a Geographic Information System (GIS) - IDRISI – it was integrated information from IBGE digital cards, scale 1:50,000, plus aerial photographs (1962) and satellite images LANDSAT - 5 (2011). In the study area, we can view the progress of the urban area, which in 1962 was not present in the watershed. In 2011, the urban area occupied 21.37% of the total area. Even with this breakthrough occurring in the period of 49 years, there was an increase in the area of natural vegetation, which once occupied only 12.33% of the area (1962), and in 2011 represents 25% of the total area of the watershed, showing an increase in awareness on the importance of preserving nature. Thus, we can conclude that the analysis tools based on GIS enabled us to analyze variations in space and time and to propose alternatives to the correct use and occupation of land.

Resumo (espanhol)

La creciente expansión de las actividades agrícolas, sin tener en cuenta el potencial y las limitaciones de los suelos, es una fuente potencial de degradación del medio ambiente. Por lo tanto, en el presente estudio se evaluó la variación de uso y ocupación a 49 años, entre 1962 y 2011 de la cuenca Arroyo São Cayetano - Botucatu (SP). Para lograrse el objetivo principal, se utilizaron técnicas de geoprocesamiento. En un Sistema de Información Geográfica (SIG) - IDRISI - se integró la información de las tarjetas digitales de IBGE, a escala 1: 50.000, además de fotografías aéreas (1962) e imágenes satelitales LANDSAT - 5 (2011). En el área de estudio, se puede ver el progreso de la zona urbana, que en 1962 no estaba presente en la cuenca, y en 2011 ocupó 21,37% de la superficie, pero mismo con este avance que se produce en el período de 49 años, se produjo un aumento en el área de vegetación natural, que una vez ocupó sólo 12,33% de la superficie (1962) y en 2011 ocupó 25% de la superficie total de la cuenca, lo que muestra un aumento de la conciencia sobre la importancia de preservar la naturaleza. Por lo tanto, podemos concluir que las herramientas de análisis basadas en SIG permitieron analizar las variaciones en el espacio y el tiempo y proponer alternativas a la correcta utilización y ocupación del suelo.

Resumo (português)

A crescente expansão das atividades agropecuárias, sem considerar as potencialidades e limitações dos solos, constitui uma fonte potencial de degradação do meio ambiente. Assim, o presente trabalho avaliou as variações de uso e ocupação do solo em 49 anos, entre os cenários de 1962 e 2011 da bacia hidrográfica do córrego São Caetano – Botucatu (SP). Para ser alcançado o objetivo do trabalho, foram utilizados técnicas de geoprocessamento. No software de Sistema de Informações Geográficas (SIG) – IDRISI foi integrado informações oriundas de cartas digitais do IBGE, escala 1:50.000, além de fotografias aéreas (1962) e imagens de satélite LANDSAT - 5 (2011). Na área em estudo, podemos visualizar o avanço da área urbana, que em 1962 não estava presente na bacia hidrográfica e em 2011 ocupava 21,37 % da área. Mesmo ocorrendo esse avanço, no período de 49 anos, houve um acréscimo na área de vegetação natural, que outrora ocupava apenas 12,33% da área (1962), e em 2011 passou a representar 25 % da área total da bacia hidrográfica, mostrando um aumento na conscientização da importância em preservar a natureza. Desta forma, pode-se concluir que as ferramentas de análise baseadas em SIGs possibilitaram analisar as variações no espaço e no tempo além de propor alternativas para o correto uso e ocupação do solo.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Fórum Ambiental da Alta Paulista, v. 10, n. 2, p. 224-237, 2014.

Itens relacionados

Financiadores