Envolvimento dos recptores purinérgicos do núcleo parabraquial lateral no controle respiratório

dc.contributor.advisorPaula, Patrícia Maria de [UNESP]
dc.contributor.authorFreitas, Fernanda de Paula [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-03-23T15:16:40Z
dc.date.available2015-03-23T15:16:40Z
dc.date.issued2011
dc.description.abstractO núcleo parabraquial lateral (NPBL) e o núcleo Kölliker-Fuse (KF) são os mais importantes núcleos da ponte envolvidos com o controle da ventilação pulmonar (VE) e são conhecidos como grupo respiratório pontino ou centro pneumotáxico. Vários experimentos demonstraram que a estimulação ou a lesão do NPBL-KF produziram alterações nos padrões respiratórios. No entanto, ainda não estava claro qual seria a área exata (no complexo NPBL-KF) e o neurotransmissor envolvido nas alterações respiratórias. Estudos com imunohistoquímica demonstraram a presença de receptores purinérgicos (especialmente os P2X) em várias áreas envolvidas com o controle da ventilação, incluindo o NPBL. Estudos também demonstraram a presença de um denso plexo de varicosidades imunorreativas para o GABA ao longo do complexo NPB-KF, sendo que o processamento neural nessa região estaria sob forte inibição gabaérgica. No entanto, o papel dos receptores purinérgicos e gabaérgicos do NPBL na regulação da VE em ratos não anestesiados ainda não tinha sido investigado. Desta forma, no presente estudo investigamos as respostas ventilatórias após a injeção do α,β-metil-ATP (agonista purinérgico), do PPADS (antagonista purinérgico) e do muscimol (agonista GABA-A) no NPBL de ratos não anestesiados. Foram utilizados ratos com cânulas de aço inoxidável bilateralmente no NPBL, os animais foram submetidos a pletismografia de corpo inteiro para que fossem obtidas as medidas de VE. As injeções bilaterais do agonista purinérgico, α,β-metil-ATP (2 nmol/0,2 μl, n=8), no NPBL promoveu queda na freqüência respiratória (fR) (108  5 ciclos/min vs basal 137  6 ciclos/min, p = 0,005), não alterou o volume corrente (VT) (2  0,3 ml/kg vs basal 2  0,3 ml/kg, p = 0,967) e queda na VE (263  42 ml.kg-1.min-1 vs basal 325  43 ml.kg-1.min-1, p = 0,001)... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo)pt
dc.format.extent46 f.
dc.identifier.aleph000678419
dc.identifier.citationFREITAS, Fernanda de Paula. Envolvimento dos recptores purinérgicos do núcleo parabraquial lateral no controle respiratório. 2011. 46 f. Trabalho de conclusão de curso (Farmácia-Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2011.
dc.identifier.filefreitas_fp_tcc_arafcf.pdf
dc.identifier.lattes0201361251312074
dc.identifier.orcid0000-0001-5433-4493
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/119144
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectRespiraçãopt
dc.subjectNúcleo parabraquial lateral (NPBL)pt
dc.subjectControle respiratóriopt
dc.subjectReceptores purinérgicospt
dc.titleEnvolvimento dos recptores purinérgicos do núcleo parabraquial lateral no controle respiratóriopt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.advisor.lattes0201361251312074
unesp.advisor.orcid0000-0001-5433-4493
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Araraquarapt
unesp.undergraduateFarmácia-Bioquímica - FCFARpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
freitas_fp_tcc_arafcf.pdf
Tamanho:
586.51 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format