Formação de professores do atendimento educacional especializado (AEE): inclusão escolar e deficiência intelectual na perspectiva histórico-cultural

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-03-18

Autores

Fonseca, Katia de Abreu [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O profissional da educação é um incansável estudante. A formação continuada é presença constante em sua história, pois, a finalidade de seu objeto de atuação é oferecer oportunidades adequadas àqueles que estão sob sua responsabilidade na promoção do desenvolvimento intelectual. A fundamentação teórica da pesquisa, ora apresentada, apoia-se na Teoria Histórico-Cultural, articulando os aspectos relacionados ao atendimento educacional especializado, a deficiência intelectual e a formação de professores. A organização do percurso de investigação da pesquisa buscou por estratégia de formação em serviço, não convencional. O estudo teve como objetivo geral organizar estratégias de formação em serviço para professores que atuam no atendimento educacional especializado com estudantes com deficiência intelectual e, de forma específica, analisar os cursos que foram propostos pela Secretaria Municipal de Educação no município pesquisado; investigar, por meio da narrativa dos professores especializados e atuantes na área da deficiência intelectual, suas concepções sobre atendimento educacional especializado, avaliação pedagógica e fundamentos básicos da Teoria Histórico-Cultural; comparar os dados coletados na pesquisa documental com os dados gerados nas entrevistas coletivas dialogadas e elaborar, aplicar e analisar uma proposta de formação em serviço. Com o intuito de alcançar aos objetivos propostos a pesquisa foi organizada em três etapas, sendo elas: 1) análise documental de seis catálogos de cursos da Secretaria Municipal da Educação dos anos de 2016, 2017, 2018. 2) pesquisa empírica 1 - cinco encontros para realização das entrevistas coletivas dialogadas e 3) pesquisa empírica 2 - atividade formativa em serviço: três encontros de atividade formativa em serviço com embasamento nos pressupostos da Atividade Orientadora de Ensino. Sobre as análises dos dados temos: pesquisa documental: oferta de poucos cursos para os professores da Divisão de Educação Especial, com enfoque na Teoria Histórico-Cultural. Cursos com temáticas variadas, ainda que seja na Teoria Histórico-Cultural, não apresentaram um percurso sequencial formativo do currículo. Os dados gerados pelas entrevistas coletivas dialogadas evidenciaram a fragilidade e superficialidade das professoras participantes quanto às concepções sobre o atendimento educacional especializado, demonstrando que não são claras ou são controversas as atribuições, ou por imposição hierárquica imediata (gestão escolar) ou por não compreenderem quais as funções a serem desempenhadas na sala de recursos multifuncional. Sobre a avaliação pedagógica, observamos que cada professora tem sua estratégia particular para fazer a avaliação, não havendo um padrão estabelecido pela divisão de educação especial. Quanto à avaliação da aprendizagem dos estudantes com deficiência intelectual é feita a partir dos objetivos propostos no plano do atendimento educacional especializado, porém, apesar de as professoras saberem os conceitos e diferenças entre avaliações iniciais (diagnósticas), processuais e da aprendizagem, apresentam dificuldades na implementação de práticas avaliativas. Quanto aos fundamentos teóricos da Teoria histórico-cultural identificamos que a compreensão das professoras está no nível da superficialidade, ou seja, admitem que conhecem, sabem falar sobre, mas não aplicam à sua prática pedagógica no atendimento educacional especializado. O planejamento da proposta de formação em serviço nos pareceu apropriada, uma vez que, a organização prévia, a partir dos dados gerados pela pesquisa documental e das entrevistas coletivas dialogadas, nos permitiu, de modo intencional, atender às demandas evidenciadas. Finalizado o percurso de investigação da pesquisa, deparamo-nos com a resposta positiva em atenção à hipótese levantada para compor a investigação, ou seja, estratégias inovadoras, com intencionalidade de promoção de aquisição e apropriação do conhecimento, que engajassem as professoras na participação durante a atividade formativa e as motivassem na busca por conhecimento, suscitando novos olhares sobre a prática implementada no atendimento educacional especializado para estudantes com deficiência intelectual. É possível afirmar que foram momentos de troca reflexiva sobre as práticas implementadas pelas professoras participantes de forma coletiva que, se apropriadas pelas professoras, subsidiarão o planejamento e práticas pedagógicas para o estudante com deficiência intelectual com suporte da Teoria Histórico-Cultural.
The education professional is a tireless student. Continuing education is a constant presence in its history, because the purpose of its object of action is to offer appropriate opportunities to those who are under their responsibility in the promotion of intellectual development. The theoretical foundation of the research, presented here, is based on the Cultural-Historical Theory, articulating the aspects related to the specialized educational service, the intellectual disability and the teachers' training. The organization of the research investigation pathway searched for a non-conventional in-service training strategy. The study had as a general objective to organize in-service training strategies for teachers who work in the specialized educational service with students with intellectual disabilities and, specifically, to analyze the courses that were proposed by the Municipal Education Secretary in the researched city; to investigate, through the narrative of the specialized teachers working in the area of intellectual disabilities, their conceptions about the specialized educational service, pedagogical evaluation and basic foundations of the Cultural-Historical Theory; to compare the data collected in the documentary research with the data generated in the dialogical collective interviews and to elaborate, apply and analyze a proposal for in-service training. In order to reach the proposed objectives, the research was organized in three stages: 1) documental analysis of six course catalogs of the Municipal Secretariat of Education from 2016 to 2018. 2) empirical research 1 - five meetings to conduct collective dialogical interviews and 3) empirical research 2 - formative activity in service: three meetings of formative activity in service based on the assumptions of the Guiding Teaching Activity. About the data analysis we have: documental research: few courses were offered to the teachers of the Special Education Division, focusing on the Historical-Cultural Theory. Courses with varied themes, even if in the Historical-Cultural Theory, did not present a sequential formative course in the curriculum. The data generated by the dialogical collective interviews showed the fragility and superficiality of the participating teachers regarding the conceptions about the specialized educational service, demonstrating that the attributions are not clear or are controversial, either by immediate hierarchical imposition (school management) or by not understanding what functions to be performed in the multipurpose room are. Regarding pedagogical evaluation, we observed that each teacher has her own particular strategy for evaluation, with no standard established by the special education division. As for the learning assessment of students with intellectual disabilities, it is done based on the objectives proposed in the specialized educational service plan; however, despite of the fact that teachers know the concepts and differences between initial (diagnostic), procedural, and learning assessments, they have difficulties in implementing assessment practices. As for the theoretical foundations of the cultural-historical theory, we identified that the understanding of the teachers is at the superficial level, that is, they admit they know about it, they know how to talk about it, but they don't apply it to their pedagogical practice in the specialized educational service. The planning of the in-service training proposal seemed appropriate to us, once the previous organization, based on the data generated by the documental research and the dialogued collective interviews, allowed us, in an intentional way, to attend the evidenced demands. At the end of the research investigation path, we found the positive answer in attention to the hypothesis raised to compose the investigation, that is, innovative strategies, with intentionality to promote the acquisition and appropriation of knowledge, that engaged the teachers in the participation during the formative activity and motivated them in the search for knowledge, raising new looks about the practice implemented in the specialized educational service for students with intellectual disabilities. It is possible to state that these were moments of reflective exchange on the practices implemented by the participating teachers in a collective way that, if appropriated by them, will subsidize the planning and pedagogical practices for students with intellectual disabilities with support from the Cultural-Historical Theory.

Descrição

Palavras-chave

Formação de professores em serviço, Teoria histórico-cultural, Deficiência intelectual, Atendimento educacional especializado, Atividade orientadora de ensino, In-service teacher training, Cultural-historical theory, Intellectual disability, Specialized educational attention, Teaching oriented activity

Como citar