Eficiência fotossintética e consumo de água de Ipomoea triloba após aplicação de herbicidas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-09-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a fluorescência através da taxa de transporte de elétrons, consumo de água e intoxicação de plantas de Ipomoea triloba após aplicação de quatro herbicidas de diferentes mecanismos de ação. Os herbicidas aplicados foram: glyphosate, haloxyfop-methyl, diuron e amicarbazone. A aplicação foi feita com auxílio de um pulverizador estacionário instalado em laboratório; após a aplicação dos tratamentos, as plantas foram mantidas em casa de vegetação. Foi avaliada a taxa de transporte de elétrons (ETR), o consumo de água e a intoxicação das plantas em vários períodos após o início do experimento. Os dados de ETR e fitointoxicação foram expressos em porcentagem da testemunha e submetidos à análise de variância e à comparação das médias. Quanto ao consumo de água, os dados foram acumulados e ajustados por modelos de regressão. Assim, pode-se dizer que o fluorômetro é uma ferramenta adequada para verificar a intoxicação antecipada em plantas de I. triloba tratadas com os herbicidas amicarbazone e diuron, visto que a inibição da ETR foi verificada antes de qualquer intoxicação visual sofrida por essas plantas; o consumo de água está relacionado diretamente com o transporte de elétrons, com exceção das plantas submetidas ao haloxyfop-methyl, que não sofreram interferência no transporte de elétrons, mas reduziram o consumo de água.

Resumo (inglês)

This work was carried out to evaluate fluorescence through electron transport rate (ETR), water consumption and intoxication of Ipomoea triloba after application of four herbicides with different mechanisms of action. The herbicides glyphosate, haloxyfop-methyl, diuron, and amicarbazone were applied using a stationary sprayer installed in the laboratory. After application, the plants were kept under greenhouse conditions. Electron transport rate, water consumption and plant intoxication were evaluated at various periods after the start of the experiment. ETR and intoxication data were expressed as percentage of control and subjected to analysis of variance and comparison of means. The water consumption data were accumulated and adjusted to regression models. Based on the results obtained, it was concluded that the fluorometer is an appropriate tool to verify anticipated toxicity in plants of I. triloba treated with the herbicides amicarbazone and diuron, whereas ETR inhibition was observed before any visual intoxication experienced by the plants. Also, water consumption was found to be directly related to ETR, except for the plants subjected to haloxyfop-methyl which did not suffer electron transport interference, but reduced water consumption.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Planta Daninha. Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas , v. 30, n. 3, p. 517-524, 2012.

Itens relacionados

Financiadores