Avaliação da resposta tecidual e da citotoxicidade de soluções coloidais de nanopartículas de prata

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-06-10

Orientador

Barbosa, Débora de Barros

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia - FOA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo deste estudo foi investigar o efeito de diferentes soluções coloidais de nanopartículas de prata sobre a viabilidade celular de fibroblastos (linhagem L929) e sobre a resposta inflamatória de tecido subcutâneo de ratos. Nanopartículas de prata (SNP) com tamanho médio de 5 nm foram sintetizadas através da redução do nitrato de prata pelo citrato de sódio e estabilizadas com amônia (SNP-A) ou polivinilpirrolidona (SNP-P). Para avaliar a viabilidade celular, células L929 foram expostas SNP e agentes estabilizantes (amônia (NH3) e polivinilpirrolidona (PVP)) (0,1 – 100 μg/mL), e após 6, 24 e 48 h foi realizado o ensaio de citotoxicidade celular pelo método do MTT. A resposta tecidual foi realizada com tubos de polietileno contendo SNP (1.0 μg/mL; 540 μg/mL) e agentes estabilizantes (NH3 0.13 x 10-3 mol/L e PVP 0.19 g/L) implantados no tecido conjuntivo dorsal de ratos Wistar por 7, 15, 30, 60 e 90 dias. Os espécimes foram corados com hematoxilina e eosina e foram realizadas avaliações qualitativa e quantitativa. SNP inibiram a viabilidade celular no teste in vitro de maneira concentração-dependente. SNP-A foram mais tóxicas para L929 que as partículas estabilizadas com PVP. O exame histológico mostrou que SNP 540 μg/mL induziram reação tecidual significantemente mais intensa em 30 e 60 dias comparado aos grupos controles (solução fisiológica 0,9% e fibrina) nos mesmos períodos. As respostas inflamatórias causadas por SNP 1,0 μg/mL, NH3 0,13 x 10- 3 mol/L e PVP 0,19 g/L foram similares aos controles em todos os períodos experimentais. Foi possível concluir que a exposição à SNP reduziu a viabilidade de células L929 de maneira concentração-dependente. O tipo de agente estabilizante interferiu na citotoxicidade sendo SNP-A mais tóxica para L929. Ambos...

Resumo (inglês)

The aim of this study was to investigate the effect of different colloidal silver nanoparticles on cell viability of mouse fibroblasts (cell line L929) and on the subcutaneous connective tissue reaction of rats. Silver nanoparticles (SNP) of average size 5 nm were synthesized by the reduction of silver nitrate through sodium citrate and were stabilized with ammonia (SNP-A) or polyvinylpyrrolidone (SNP-P). To evaluate the cell viability, L929 cell were exposure to silver nanoparticles (0.1-100 μg/mL), and after 6, 24 and 48h MTT assay was performed. The tissue reaction was carried out with polyethylene tubes containing silver nanoparticles (1.0 μg/mL; 540 μg/mL) implanted in the dorsal connective tissue of Wistar rats for 7, 15, 30, 60, and 90 days. The specimens were stained with hematoxylin and eosin and qualitative and quantitative evaluations of the reaction were carried out. Silver nanoparticles inhibited the cell viability in the in vitro test in a concentration-dependent manner. SNP-A were more toxic to L929 than particles stabilized with polyvinylpyrrolidone (PVP). Histological examination showed that SNP at 540 μg/mL induced significant tissue reaction on 30 and 60 days after implantation compared to the controls groups (fibrin and saline 0.9%) at the same periods. The inflammatory responses caused by SNP at 1.0 μg/ml, NH3 at 0.13 x 10-3 mol/L and PVP at 0.19 g/L solutions were similar to the controls groups in all experimental periods. It was possible to conclude that SNP exposure decreased the viability of L929 cells in a concentration-dependent manner. The type of stabilizing agent interfered on the cytotoxicity of SNP being SNP-A more toxic to L929. Also, both colloidal silver nanoparticles (SNP-A and SNP-P) at 540 μg/mL induced significant inflammatory response in rat’s subcutaneous tissue.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

TAKAMIYA, Aline Satie. Avaliação da resposta tecidual e da citotoxicidade de soluções coloidais de nanopartículas de prata. 2013. 108 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2013.