O processo de inclusão de uma criança com síndrome de down na educação infantil

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-11-27

Orientador

Almeida, Laura Beatriz Fonseca de

Coorientador

Pós-graduação

Educação Escolar - FCLAR

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este estudo de caso aborda a trajetória escolar de uma criança de 05 anos com Síndrome de Down, em dois CERs (Centros de Educação e Recreação) da rede municipal de educação em município de porte médio do Estado de São Paulo. Foram dois anos de observação nesses contextos educativos da Educação Infantil, observando sua realidade a partir das rotinas escolares da criança, seus comportamentos e relações com os pares e educadores, acesso a recursos pedagógicos diferenciados e adaptações curriculares; Ainda, pautou-se pela identificação dos apoios, suportes e facilidades oferecidos às professoras e familiares, bem como as principais dificuldades e necessidades, evidenciadas por pesquisa de campo e entrevistas realizadas com professoras de ensino regular, do ensino itinerante, de classe especial, e com a mãe da criança. O estudo pautou-se pela análise qualitativa dos dados, organizando o material coletado em três modalidades de análise: documental, observações e entrevistas. Os resultados evidenciaram importantes aspectos relacionados à temática investigada mostrando, inclusive, o movimento inverso à inclusão escolar e a fragilidade evidenciada nos dois processos educacionais, uma vez que a criança após frequentar uma sala regular foi transferida para uma classe especial no segundo CER. Ao mesmo tempo, o estudo permitiu identificar alguns indicadores que possam ser implementados para a melhoria do serviço educacional oferecido às crianças com ou sem necessidades especiais. Ficou evidenciado no trabalho que as transformações necessárias para atingir maior eficiência das propostas de inclusão escolar, requerem a mobilização articulada entre todos os agentes envolvidos com o processo educacional, quais sejam: escola, equipe escolar, diretores, professores, pais, coordenadores, autoridades políticas e sociedade.

Resumo (inglês)

This case study deals with the schooling of a 05 years old child with Down syndrome in two RECs (Recreation and Education Centers) of the municipal education medium-sized municipality of São Paulo. Two years of observation in these educational contexts of early childhood education, noting its reality from the routines of school children, their behaviors and relationships with pairs and teachers, access to teaching resources and differentiated curriculum adaptations, yet, has seized upon the identification of support, media and facilities offered to teachers and families as well as the main problems and needs, as evidenced by field research and interviews with professors of education, education itinerant special class, and the child's mother. The study was based on qualitative data analysis, organizing the material collected in three modes of analysis: documentary, observations and interviews. The results showed that aspects related to the topic investigated showing even the reverse movement to inclusive education and the weakness evident in both the educational process, since the child after attending a regular room was transferred to a special class in the second REC. At the same time, the study identified some indicators that can be implemented to improve the educational services provided to children with or without special needs. It was evidenced in the changes necessary to achieve greater efficiency of the proposed inclusion in school, require the mobilization linked between all those involved with the educational process, namely: school, school staff, principals, teachers, parents, coordinators, local authorities and society.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CARNEIRO, Keila Cristiane de Oliveira. O processo de inclusão de uma criança com síndrome de down na educação infantil. 2010. 132 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2010.

Financiadores