Foraminíferos em testemunho do manguezal do Canal de Bertioga (SP): padrões de estrutura de comunidades aplicáveis em reconstruções paleoambientais

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013

Orientador

Semensatto-Junior Júnior, Décio Luis
Brito, Dimas Dias

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Ecologia - IBRC

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Nowadays, there is a search for knowledgment that could be applied in the solution of the problems caused by petrolific activities involving the environment, like the biodiversity preservation and the ecosystems monitoring and management. Foraminifera (Protista) are used as an important tool to the environment characterizarion, because they answer quickly to the fisic-quimic variations and indicate local alterations. The goal of this job is to create models of foraminiferal communities composition through the screening of subsuperficial samples obtained from a core collect from Bertioga Channel, Baixada Santista (SP), trying to understand the influence of the environmental variations along the time upon the indicator species presence, as well as making paleoenvironmentals reconstructions of the area. A 80 cm-core was removed in the outer edge of marsh adjacent to Bertioga Channel, not far from the confluence with the Itapanhaú River. There are presented in abundance, equitability, diversity and species richness obtained in nine samples along the sediment. The lower part of the core is compound by calcareous species (rotalideos and miliolideos) with domain Ammonia (Biofacies 1) and the intermediate and upper parts contain mainly agglutinated species (Biofacies 2 and 3, which is dominated by species of Ammotium). The qualitative and quantitative study of the microfauna of foraminifera present in the core reveals that in recent decades the sampling area passed from a condition of infra-marginal strip under significant coastal marine influence for the condition of inter-coastal swamp covered with mangrove vegetation. This change indicates that the site has undergone a process of sediment progradation, a phenomenon that may have been timely, localized, or a reflection of a relative fall in sea level at the regional level

Resumo (português)

Atualmente, há uma procura por conhecimentos que se apliquem à solução dos problemas causados pelas atividades petrolíferas envolvendo o meio ambiente, como a preservação da biodiversidade e o monitoramento e gestão dos ecossistemas. Os foraminíferos (Protista) são utilizados como uma importante ferramenta para a caracterização ambiental, por responderem rapidamente às variações físico-químicas e indicarem as alterações ocorridas no local. O objetivo do trabalho é criar modelos de composição de comunidades de foraminíferos através da triagem das amostras de subsuperfície obtidas pela coleta de um testemunho no Canal de Bertioga, Baixada Santista (SP), procurando entender a influência das variações ambientais ao longo do tempo sobre a presença de espécies indicadoras, bem como fazer reconstruções paleoambientais da área. Um testemunho de 80 cm foi retirado na borda externa de manguezal adjacente ao Canal de Bertioga, não distante da confluência com o Rio Itapanhaú. São apresentados valores de abundância, equitatividade, diversidade e riqueza de espécies obtidas em nove amostras ao longo do testemunho. A parte inferior do testemunho é marcada por espécies calcárias (rotalídeos e miliolídeos), com domínio de Ammonia (Biofácies 1) e as partes intermediária e superior essencialmente contêm espécies aglutinantes (Biofácies 2 e 3, esta última dominada por espécies de Ammotium). O estudo qualitativo e quantitativo da microfauna de foraminíferos presentes no testemunho revela que nas últimas dezenas de anos a área de amostragem passou da condição de faixa marginal infra-litorânea sob significativa influência marinha para a condição de pântano inter-litorâneo coberto por vegetação de mangue. Tal mudança indica que o local sofreu um processo de progradação sedimentar, fenômeno que pode ter sido pontual, localizado, ou reflexo de uma queda relativa do nível do mar em nível regional

Descrição

Idioma

Português

Como citar

GONÇALVES, Renata Fabrega. Foraminíferos em testemunho do manguezal do Canal de Bertioga (SP): padrões de estrutura de comunidades aplicáveis em reconstruções paleoambientais. 2013. 25 f. Trabalho de conclusão de curso (Ecologia) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2013.