Análise de crescimento em clones de eucalipto submetidos a estresse hídrico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The aim of this study was to evaluate Eucaliptus grandis genotypes (Clones 105 and 433) in relation to drought tolerance, through growth plant analysis. Black PVC pots with 10 liter volume were used for cultivate plants in polyethilene greenhouse oriented east/west. Completely randonmized design with four treatments was used: two clones and two minimum soil water potentials (- 0.03 and -1,5 MPa) and sixteen replicates. Pots were weighed daily in order to evaluate water content and characteristic soli water curve was determined. Plant development was obtained each 15 days from planting until 60 days through total dry matter (DM), leaf area index (LAI), leaf area ratio (LAR), net assimilative ratio (NAR), specific leaf area (SLA), relative growth ratio (RGR) and absolute growth ratio (AGR). Results showed that clone 105 presented less sensibility to water deficit, which qualify it as genetic material for use under dry soil conditons. On the other hand, both clones had similar behavior with no water restrictions.

Resumo (português)

O estudo objetivou avaliar o desempenho de genótipos de plantas de Eucalyptus urograndis (clone 105 e 433) em relação à tolerância à seca, considerando a análise de crescimento das plantas. Para tanto, plantas foram cultivadas em vasos de 8 litros em casa de vegetação. O delineamento foi em inteiramente casualizado, com quatro tratamentos contendo desesseis repetições. O manejo hídrico foi estabelecido com base em dois potenciais mínimos de água (Ψ): -0,03 e -1,5 MPa, através da pesagem diária dos vasos. O desenvolvimento das plantas foi avaliado em coletas a intervalos de 15 dias, iniciando no momento de plantio da muda no vaso até os 60 dias após plantio. Considerando-se o acúmulo de matéria seca total (MS) e o índice de área foliar da planta (IAF) como base para a determinação dos seguintes índices fisiológicos: razão de área foliar (RAF), taxa assimilatória líquida (TAL), área foliar específica (AFE), taxa de crescimento relativo (TCR) e taxa de crescimento absoluto (TCA). Nas condições do experimento, o clone 105 apresentou menor sensibilidade ao déficit hídrico, o que o qualifica como material genético promissor para ambientes sujeitos a estiagem prolongada. Já em condições em que não há restrição hídrica, os dois clones tiveram comportamento semelhantes.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Irriga, v. 15, n. 1, p. 98-110, 2010.

Itens relacionados

Financiadores