Aspectos prognósticos do ameloblastoma mandibular tratado por cirurgia conservadora

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-09-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Ameloblastomas are odontogenic tumors constituted by proliferation of ameloblastic epithelium in a fibrous stroma. They originate from the remains of the dental sheet or epithelium of odontogenic cyst. The cystic intra-bony types or solids have been trated in several ways, varying of simple enucleation and curettage to recession in block even hemi-mandibulectomy. The best treatment form comes being reason controversies for several years. The aim of this study was investigate to effectiveness of the conservative surgery in ameloblastomas treatment and the effects of that treatment type, in the attempt of contributing to the study of the lesion with relationship to the therapeutics, emphasizing that its indication with base in the precocious diagnosis and conservative surgery would be important in decrease of the discomfort. Materials and Methods: They were studied retrospectivally 5 patients carriers of jaw ameloblastoma coming from the School of Dentistry of Araçatuba- UNESP, being 4 cystic ameloblastomas and 1 solid multicystic that had curettage as surgical treatment. The clinical and radiographic data were appraised with followup times until four years. Results: All cases trated with curettage was effective, being noticed in the operated areas the formation of bone normal radiographically normal and without recurrence indications or new primary tumors. Conclusion: Our results indicate that the surgical curettage is effective in the treatment of unicystic and policystic ameloblastomas, providing elimination of the tumor and increase of the bony support, reducing the need of the accomplishment of mutilating surgeries, preventing its complications
Ameloblastomas são tumores odontogênicos constituídos pela proliferação de epitélio ameloblásticos pela proliferação de epitélio ameloblástico num estroma fibroso. Originam-se dos restos vestigiais da lâmina dental ou do epitélio de cisto odontogênico. Os tipos intra-ósseos císticos ou sólidos têm sido tratados de várias maneiras, variando de simples enucleação e curetagem a recessão em bloco até hemimandibulectomias. A melhor forma de tratamento vem sendo motivo de controvérsias há vários anos. O objetivo deste estudo foi investigar a efetividade da cirurgia conservadora no tratamento de ameloblastomas e os efeitos desse tipo de tratamento, na tentativa de contribuir ao estudo da lesão quanto à terapêutica, enfatizando que sua indicação com base no diagnóstico precoce e cirurgia conservadora seriam importantes na diminuição do desconforto por parte do paciente. Materiais e Métodos: Foram estudados retrospectivamente 5 pacientes portadores de ameloblastoma de mandíbula procedentes da Faculdade de Odontologia de Araçatuba-UNESP, sendo 4 ameloblastomas císticos e 1 sólido multicístico que tiveram como tratamento cirúrgico a curetagem. Foram avaliados os dados clínicos e radiográficos com tempos pósoperatórios de até quatro anos. Resultados: Em todos os casos a curetagem foi efetiva, notando-se nas áreas operadas a formação de osso radiograficamente normal e sem indícios de recidivas ou novos tumores primários. Conclusão: Nossos resultados indicam que a curetagem cirúrgica é efetiva no tratamento de ameloblastomas unicísticos e multicísticos, proporcionando eliminação do tumor e aumento do suporte ósseo, reduzindo a necessidade da realização de cirurgias mutiladoras, prevenindo suas complicações

Descrição

Palavras-chave

Ameloblastoma, Mandíbula, Neoplasias maxilomandibulares

Como citar

LANDIM, José Rafael Fernandes. Aspectos prognósticos do ameloblastoma mandibular tratado por cirurgia conservadora. 2010. 31 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2010.