Aditivos na ensilagem do capim-elefante. II. Qualidade das silagens amostradas por dois métodos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1998-11-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Silages of Pennisetum purpureum Schum. cv. Guaçu prepared with 0, 8, 16 and 24% of ground ear com with husks, wheat bran and saccharin, dry weight of additive/wet weight of green chop basis. The experimental design was a randomized blocks one in split-plot; the plots were the additives and levels, and the sub-plots the sampling methods. The material was ensiled using plastic vessels in middle of which holed pvc pipes (3 inches diameter) were put. These pipes (one per vessel) had the same length as the height of the vessels, and were filled at the same time and compacted the same way as the vessels. The first method of sampling used the material ensiled inside the pvc pipe, which was lifted out from the vessel at the moment of the silo opening. The other sampling method, normaly used in digestibility trials, consisted of samples composed by daily sub-samples collected in the vessels. The pvc sampling method was more efficient because it sampled a profile of the whole silage. All of the silages showed high percentages of lactic acid and low percentages or even absence of butyric acid, though in all silages high ammoniacal-N percentages were detected.
Avaliaram-se as silagens de Pennisetum purpureum Schum. cv. Guaçu, confeccionadas com a adição de 0, 8, 16 e 24% de matéria seca de rolão de milho, farelo de trigo e sacharina na forragem verde do capim picado. O delineamento usado foi o de blocos casualizados, com parcelas subdivididas; nas parcelas estudaram-se os aditivos e os níveis, e nas subparcelas, os métodos de amostragem das silagens. A ensilagem foi efetuada em barricas de plástico, nas quais foram colocados canos de pvc de 3 polegadas, com as paredes todas perfuradas. Esses canos (um por barrica) possuíam comprimentos semelhantes às alturas das barricas, e foram preenchidos, sob compactação, concomitantemente ao enchimento do silo. O primeiro método de amostragem correspondeu à silagem do interior do cano de que foi retirado no momento da abertura do silo, e o segundo método, normalmente utilizado em testes de digestibilidade, constituiu-se de amostras compostas formadas a partir das subamostras retiradas diariamente. O método de amostragem no pvc foi mais eficiente porque retirou um perfil de toda a silagem. Todas as silagens mostraram altas porcentagens de ácido lático e baixas porcentagens, ou ausência de ácido butírico, embora em todas tenham sido detectadas altas porcentagens de N amoniacal.

Descrição

Palavras-chave

Animal nutrition, Pennisetum purpureum

Como citar

Pesquisa Agropecuaria Brasileira, v. 33, n. 11, p. 1873-1882, 1998.