Expressão dos genes MDR-1, TP53, BCL-2 e BAX em tumor venéreo transmissível canino e sua relação com a agressividade e resposta à terapia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-11-21

Autores

Flórez, Luis Mauricio Montoya [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Transmissible venereal tumor - TVT has been subject of numerous investigations, despite this, there are gaps that need studies. There TVTs with varying degrees of aggressiveness, so some do not respond to conventional treatment protocols. Implying that there is progressive alteration of their biological profile. Techniques such as cell culture, flow cytometry and molecular biology offer subsidies to identify and quantify these changes, including predicting the biological behavior of the tumor. The objective was to quantify the gene expression BAX, BCL2, TP53 and MDR1 in primary TVT cells and in vitro before and after vincristine, in order to identify changes regarding the aggressiveness and resistance to therapy. 18 samples of TVT canines were obtained to establish 8 primary cultures. After was performed cytotoxicity tests, survival, apoptosis, growth curve and analysis of expression of genes BAX, BCL2, p53 and MDR1. When comparing the TVT cells treated with vincristine, with those who did not receive treatment, there was statistical difference in relation to cytotoxicity rates, survival, and cell cycle phases, G1, Sub G1 and S. About the MDR-1 gene expression, the same difference was observed when comparing cells treated and untreated groups. In this situation, what would be expected at the low expression of the TP53 gene, however, was the opposite, in other words high expression of TP53 gene. In this situation it is believed that there has been a regulatory mechanism of apoptosis. In BAX and BCL-2 genes were not observed statistical difference between the groups, in this case, appears to have not occurred the regulation expected of BAX by TP53. It is believed that there TP53 mutation. Data low reported on TVT. Although initial, data may conclude that are related to tumor malignancy and chemotherapy resistance
O tumor venéreo transmissível – TVT é objeto de numerosas investigações, apesar disso, existem lacunas que necessitam estudos. Há TVTs com graus variados de agressividade, portanto, alguns não respondem aos protocolos terapêuticos convencionais. Dando a entender que há modificações progressivas do seu perfil biológico. Técnicas como cultura celular, citometria de fluxo e a biologia molecular oferecem subsídios para se identificar e quantificar essas modificações, inclusive predizer comportamento biológico de tumor. O objetivo foi quantificar a expressão dos genes BAX, BCL2, TP53 e MDR1 em células de TVT primário e in vitro antes e depois da vincristina, a fim de identificar modificações quanto à resistência a agressividade e o tratamento. Foram obtidas 18 amostras de TVT caninos, para se estabelecer 8 culturas primárias. Logo depois se realizou testes de citotoxicidade, sobrevivência, apoptose, curva de crescimento e análise de expressão dos genes BAX, BCL2, TP53 e MDR1. Quando se comparou as células de TVT tratadas com vincristina, com aquelas que não receberam o tratamento, houve diferença estatística em relação às taxas de citotoxicidade, sobrevivência, e fases do ciclo celular, G1, Sub G1 e S. Sobre a expressão do gene MDR-1 a mesma diferença foi observada quando se comparou grupos de células tratadas e não tratadas. Nessa situação, o que se espera encontrar seria a baixa expressão do gene TP53, entretanto, ocorreu o oposto, qual seja alta expressão do gene TP53. Nessa situação acredita-se que tenha ocorrido o mecanismo regulador de apoptose. Quanto aos genes BAX e BCL-2 não foram observadas diferença estatística entre os grupos. Nesse caso, parecer não ter ocorrido a regulação esperada, do BAX pelo TP53. Acredita-se que houve mutação do TP53. Dados pouco relatados em TVT. Apesar de dados iniciais, podem concluir que estão relacionados à malignidade do tumor e resistência a quimioterapia

Descrição

Palavras-chave

Cão - Doenças, Tumores em animais, Expressão gênica, Apoptose, Citotoxicidade, Quimioterapia, Cytotoxicity

Como citar

FLÓREZ, Luis Mauricio Montoya. Expressão dos genes MDR-1, TP53, BCL-2 e BAX em tumor venéreo transmissível canino e sua relação com a agressividade e resposta à terapia. 2014. 83 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2014.