Integração em dimensões negativas em calibres covariantes e não-covariantes

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2002-02

Autores

Schmidt, Alexandre Grezzi de Miranda [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Com a técnica da integração em dimensão negativa (NDIM) estudamos integrais de Feynman em calibres covariantes e não-covariantes, o do cone-de-luz e o de Coulomb. No primeiro caso, calculamos várias integrais ao nível de dois loops com e sem massa, e com momentos externos tanto na camada de massa quanto fora dela. Em calibres não-covariantes mostramos que podemos descartar a utilização de prescrições de calibre do cone-de-luz e mesmo assim obter resultados fisicamente compatíveis (que preservam a causalidade); no calibre de Coulomb integrais ao nível de um e dois loops podem ser facilmente resolvidas integrando em dimensão negativa, mas com dois parâmetros para as regularizar dimensionalmente
Abstracts: Using negative dimensional integration method (NDIM) we study several Feynman loop integrals pertaining to covariant and non-covariant gauges. In the first case we solve scalar integrals at two-loop level internal particles are massive or massless and external ones are even on or off-shell. Non-covariant gauges studied in this work are light-cone and Coulomb ones. We show that prescriptions, as well as any other devices such as partial fractioning and integration over components which are part of them, can be abandoned in the light-cone gauge, since NDIM can give us causality preserving results without invoking any of such prescriptions (Mandelstam-Leibbrandt for instance). In Coulomb gauge we also consider one and two-loop integrals in the context of split dimensional regularization

Descrição

Palavras-chave

Físico-química

Como citar

SCHMIDT, Alexandre Grezzi de Miranda. Integração em dimensões negativas em calibres covariantes e não-covariantes. 2002. 68 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Física Teórica, 2002.